Paraná Clube recebe o sempre azarão ASA de Arapiraca

O Paraná Clube vira a chave e deixa de lado as quartas de final do Campeonato Paranaense para focar a Copa do Brasil, competição pela qual tem compromisso nessa quarta-feira, às 20h30 (de Brasília), diante do ASA de Arapiraca, na Vila Capanema. No primeiro confronto, 0 a 0, que dá ao time alagoano a vantagem de poder empatar com gols e garantir a classificação.

Título, visibilidade e, é claro, dinheiro no cofre. Esses são os objetivos do Tricolor na competição, que pode ajudar a estabilizar a situação financeira do clube e seguir atraindo mais torcedores ao estádio. O técnico Wagner Lopes mais uma vez não contara com, Igor, Matheus Carvalho e Vitor Feijão, todos vetados e sem previsão de retorno. Outro que pode ficar de fora é o volante Gabriel Dias, com dores no joelho.

A definição da equipe, entretanto, passará por uma avaliação criteriosa do grupo, já que existe o temor de lesionar algum jogador e aumentar a lista de desfalques para o jogo de volta do Estadual diante do Atlético Paranaense. “Precisamos ver a recuperação de todos, ver o que o departamento médico vai nos passar, quem tem as melhores condições para poder definir o time”, ponderou o treinador.

O ASA de Arapiraca já aprontou na capital paranaense na segunda fase, quando eliminou em pleno Couto Pereira o Coritiba. Mais uma vez a esperança de gols está no nos pés de Leandro Kivel, que balançou as redes duas vezes na competição e sete vezes no Campeonato Alagoano e pode ser decisivo com a pequena vantagem obtida em casa. Se passar de fase, o confronto sera regional, já que o Vitória, da Bahia, já está classificado.