Paralimpíadas: Fernando Rufino é medalha de ouro e Giovane Vieira leva a prata na canoagem

·1 minuto de leitura


A delegação brasileira tem vivido dias históricos na canoagem de velocidade nas Paralimpíadas de Tóquio. Após a prata da última quinta com Luis Carlos Cardoso, mais dois brasileiros subiram ao pódio. Fernando Rufino conquistou a medalha de ouro e Giovane Vieira levou uma prata nesta sexta-feira.

+ Brasil conquista medalha de ouro inédita no goalball nas Paralimpíadas

Na classe KL2, Fernando Rufino, que já havia feito o melhor tempo das eliminatórias, sobrou na final e venceu a prova, com tempo de 53s07. Foi o melhor resultado da canoagem paralímpica brasileira na história. Steven Haxton, dos Estados Unidos, e Norberto Mourão, de Portugal, fecharam o pódio.

+ Wendell Belarmino leva o bronze paralímpico nos 100m borboleta, e natação deixa Tóquio com recorde

Já na categoria VL3, Giovane Vieira conquistou a medalha de prata, com marca de 52s14, em grande prova vencida pelo australiano Curtis McGrath. Na mesma prova, Caio Ribeiro ficou com a sétima colocação. Na final dos 200m, classe KL3 feminina, a brasileira Mari Santilli acabou na oitava posição.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos