Para Zé Elias, Petkovic está ‘abaixo’ de Adriano e Gabigol na idolatria do Flamengo

·1 minuto de leitura


Esta quinta-feira foi dia dos torcedores do Flamengo celebrarem o histórico gol de falta de Petkovic em cima do Vasco na final do Carioca de 2001. Relembrando os 20 anos da cobrança, o ex-jogador Zé Elias afirmou, durante o “BB Debate” de hoje, que o servo é “menos ídolo” dos Rubro-negros do que os atacantes Adriano, o Imperador, e Gabigol. Para o comentarista, Pet tem menos identificação com a torcida.

> Confira a tabela de todas as divisões do Brasileirão 2021 e comece a simular os resultados do seu time!

- Cada um tem sua característica, e acho que dos três, o que está mais abaixo na idolatria é o Pet. O Gabigol tem uma marca importante, é valioso dentro de campo, se identifica muito e tem uma ligação do campo com as arquibancadas que poucos jogadores conseguem. Mas, sou mais o natural, você não precisa construir essa imagem e o Adriano é natural, é aquela coisa que você não compra, você conquista – avaliou o comentarista.

- O Adriano representa muito aquilo que é a torcida do Flamengo. Acho que o Gabigol vai chegar num patamar fantástico, por tudo que vem fazendo, pela evolução e em termo de jogo tem uma movimentação diferente da do Adriano, que era um centroavante à moda antiga, de área. E o Pet era o cara da genialidade, mas acho que não tem a ligação da idolatria como os outros dois – concluiu Zé Elias.

O Flamengo volta a entrar em campo nesta quinta-feira, contra o Vélez Sarsfield (ARG), pela última rodada da fase de grupos da Libertadores 2021. Os Rubro-negros lideram o Grupo G e já estão classificados para as oitavas de final do torneio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos