Para Thiago Neves, Cruzeiro teve tantas chances quanto o Santos, mas o Peixe aproveitou melhor

Valinor Conteúdo
LANCE!
A goleada sofrida para o Santos aumentou a pressão sobre o Cruzeiro neste fim de Campeonato Brasileiro-(Foto: Luis Moura / WPP)
A goleada sofrida para o Santos aumentou a pressão sobre o Cruzeiro neste fim de Campeonato Brasileiro-(Foto: Luis Moura / WPP)


O placar elástico que o Santos aplicou sobre o Cruzeiro, 4 a 1, neste sábado, na Vila Belmiro, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi uma eficiência do time paulista e não um imposição do Peixe sobre a Raposa. Pelo Pelo menos, essa é a visão do meia Thiago Neves, do time celeste.

Em sua avaliação pós-jogo, Thiago citou que a Raposa teve chances na partida como o Santos, porém, o Peixe soube aproveitar melhor as oportunidades.


-Acho que o Santos aproveitou as chances. A gente teve algumas. Eles aproveitaram, por isso foi elástico- disse o meia cruzeirense.

Foi a primeira derrota do Cruzeiro após 12 jogos de invencibilidade, sendo oito empates e quatro vitórias. A Raposa vai secar o Fluminense, que joga contra CSA nesta segunda-feira, 25, para evitar o retorno à zona do rebaixamento.

Os mineiros estão com 36 pontos, enquanto o Flu, com 35, passa o time azul na tabela de classificação apenas com um empate.







Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também