Para Luan, mesmo garantido na Sul-Americana, Galo tem de pensar em coisas grandes no ano de 2020

Valinor Conteúdo
LANCE!
O time mineiro vai jogar novamente a Sul-Americana em 2020 e tentar ir mais longe do que em 2019, quando foi semifinalista- (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
O time mineiro vai jogar novamente a Sul-Americana em 2020 e tentar ir mais longe do que em 2019, quando foi semifinalista- (Foto: Vítor Silva/Botafogo)


O fim de ano do Atlético-MG terminará sem o fantasma do rebaixamento, mas a temporada não foi um oásis para o atleticano, que teve mais decepções do que alegrias em 2019. Apesar da vitória do Galo sobre o Botafogo, 2 a 0, o sentimento de alguns jogadores era de que o time poderia ter feito mais no ano.

Nesta temporada, o alvinegro caiu na Libertadores, Copa do Brasil e foi bem aquém do esperado no Brasileiro, mesmo com um início ótimo e promissor. Início este que foi fundamental para manter a equipe na Série A, já que o desempenho no segundo turno foi horrível, flertando firmemente com o Z4.

Mas, o que doeu mais para o torcedor do Galo foi a vexatória eliminação da equipe na semifinal da Copa Sul-Americana, para o Colón-ARG, em pleno Mineirão, nos pênaltis, após ter feito do resultado que precisava para chegar a uma inédita final e ter a chance de conquistar um título de expressão, já que perdeu o Estadual parao rival Cruzeiro.




O meia Luan comentou sobre o ano atleticano e criticou o planejamento ter sido montado somente para a Sul-Americana. O “Maluquinho” espera que a diretoria consiga pensar além e montar um time forte em 2020.

-O planejamento foi em cima de uma Sul-Americana. Não pode ser isso. O Atlético tem que almejar coisa grande. No ano que vem, que Deus possa abençoar o Atlético, pra fazer um time forte e brigar por títulos-disse.

Patric também falou e admitiu os erros dos jogadores e espera que no ano que vem haja outra postura dos que ficarão no time e dos que virão para reforçar a equipe.

-Temos muitas coisas pra corrigir pra 2020. Sabemos nossa responsabilidade. Quem chegar vai ter que respeitar a ideologia, o que é o Galo- comentou o lateral, que teve um bom ano com o alvinegro, sendo muito utilizado por todos os treinadores que passaram pelo Atlético-MG em 2019.







Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também