"Para jogadores normais, seria quase impossível virar" o jogo, diz técnico da Suíça

·1 minuto de leitura
A alegria do técnico bósnio da Suíça, Vladimir Petkovic, após a vitória de 5 a 4 nos pênaltis (empate de 3 a 3 nos 120 minutos) contra a França, nas oitavas de final da Euro-2020, em 28 de junho de 2021 em Bucareste, na Romênia

O técnico da Suíça, Vladimir Petkovic, se mostrou incrédulo com o esforço de sua equipe, que eliminou a atual campeã mundial França (5-4) nos pênaltis, depois do empate (3-3) em que forçou a prorrogação com dois gols nos últimos 10 minutos.

"Uma vitória como esta nos faz avançar mentalmente e também nos dá muita confiança", disse o treinador.

"Os dois gols (franceses) vieram muito rápido após o pênalti perdido. Para jogadores normais, seria quase impossível virar, mas hoje fomos uma super equipe", destacou ele.

"No final nem conseguia falar, estava exausto e quase sem palavras, mas a equipe jogou muito bem durante os 120 minutos, com aquela vontade de dar tudo, correr 100%, o que nos permite manter o nosso estilo de jogo", acrescentou Petkovic, que destacou que na prorrogação a sua equipe teve "mais energia" do que a França.

"Agora estamos felizes, mas amanhã teremos que descansar, porque temos outros jogos", disse ele em referência à partida das quartas de final contra a Espanha na sexta-feira em São Petersburgo.

eba/clv/mcd/gh/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos