Para Gustavo Zupak, clássico inglês mostrará se Manchester United chegou ao nível do rival City

História recente do City coloca o gigante United fora do protagonismo (Foto: OLI SCARFF / AFP)


Nos últimos anos, o Manchester United tem se acostumado a ficar atrás de seu adversário local Manchester City. Mas, nesta temporada, apenas quatro pontos separam as duas equipes na Premier League, e os rivais se enfrentam neste sábado, às 09h30, com transmissão do Star+. Para o comentarista da plataforma de streaming, Gustavo Zupak, essa é a oportunidade de o United mostrar que chegou ao mesmo nível do rival.

- O clássico vai ser muito quente. Primeiro porque a diferença de pontos entre eles é de apenas quatro. E também porque o United vem em um grande momento, com o Erik Ten Hag, empilhando vitórias em todas as competições e jogando bem. Crescendo mesmo - analisa.

- O City é muito forte, mas a sequência de atuações não é das melhores ultimamente. Isso traz um equilíbrio interessante para o jogo. Será que o United está pronto para brigar com o seu rival? É o que veremos no sábado - questiona Zupak.

Na última temporada, o Manchester City foi o grande campeão da Premier League, com o United apenas na sexta posição. No ano anterior, o United chegou ao vice-campeonato, mas com uma distância de 12 pontos para o rival. Agora, tentará colar no City na classificação, em partida realizada dentro de seu estádio, o Old Trafford.

No primeiro duelo entre as duas equipes, válido pelo primeiro turno da atual temporada, o City venceu o United com um dos jogos mais marcantes da história da Premier League: foram nove gols marcados, com uma goleada de 6 a 3 para a equipe de azul. Haaland e Foden foram os grandes destaques, com 3 gols cada.