Papo com Helio Castroneves: ' Em 2021, uma fase totalmente nova'

LANCE!
·3 minuto de leitura


Que venha 2021!

Olá, amigos! Feliz Ano Novo!!!

Neste penúltimo dia do complicado ano de 2020, quero agradecer bastante a atenção que recebi durante o ano todo dos leitores e da equipe do Lance. Tem sido uma experiência muito prazerosa para mim o contato semanal, por meio desse espaço tão privilegiado, para contar particularidades de minha carreira e do meu dia a dia como competidor e cidadão.

Como vocês puderam acompanhar, o IMSA WeatherTech SportsCar Championship foi muito impactado pela pandemia da Covid-19 e ficou paralisado entre fim de janeiro, quando ainda conseguimos disputar a Rolex 24 at Daytona, até o início de julho, quando o campeonato efetivamente conseguiu retomar as atividades.

Nem preciso dizer que o mundo todo sofreu – e ainda sofre – com a pandemia e, francamente, ter corridas adiadas ou canceladas foi nada diante do trauma vivido por milhões de famílias, muitas delas chorando a morte de entes queridos. Mas falando do nosso assunto aqui, que é o automobilismo, aquela onda de problemas que nos perseguiu em Daytona parece que nos acompanhou na volta das corridas.

Foi problema sobre problema nas provas curtas de Daytona e Sebring, numa intensidade que parecia até que o ano já estava perdido. Mas eu e o meu teammate, o super talentoso Ricky Taylor, encaramos o bicho feito de frente e partimos para o ataque. Foi maravilhoso ter virado o jogo, vencer quatro corridas em cinco e conquistar o título da temporada na última prova, em Sebring. O título ajudou a fechar com chave de ouro a minha trajetória de 21 anos na Penske e, também, o programa da Acura que durou três anos.

Agora, com a chegada de 2021, começo uma fase totalmente nova em minha carreira. Participarei da prova 24 Horas de Daytona pela Wayne Taylor Racing, no final de janeiro, e a partir da segunda quinzena vamos começar os testes – inicialmente em Sebring – para a prova dos dias 30 e 31. Em fevereiro será a vez de iniciar as atividades de pista com a Meyer Shank Racing, equipe pela qual disputarei seis provas na IndyCar.

Evidentemente que sobre isso teremos muito tempo para falar nas próximas colunas. Mas nesta, a última do ano, quero desejar que todos possam curtir o feriado de maneira tranquila, responsável, sempre atendendo as recomendações das autoridades sanitárias e, principalmente, respeitando o próximo. Ninguém vive numa ilha, todos estamos cercados por pessoas em todos os lados. Cabe a cada um de nós tomar cuidado com a nossa saúde e com a dos outros. Se cada um assumir a necessidade de se cuidar e pensar também no próximo, creio que poderemos encurtar um pouco o tempo que ainda vai durar essa agonia.

Não sabemos como será 2021. Apesar de estar completando um ano de existência, a pandemia não dá sinais de arrefecer. Pois isso que a atitude individual é tão importante. Quero todo mundo firme e forte para a gente voltar a se encontrar nesse espaço, todas as quartas-feiras, para falar dessa paixão que é o automobilismo.

Forte abraço a todos, Feliz 2021 e até semana que vem!