Papa espera que Tóquio-2020 seja 'um sinal de esperança' em meio à pandemia

·1 minuto de leitura
Papa Francisco acena de sua janela com vista para a Praça de São Pedro, no Vaticano, em 25 de julho de 2021

O Papa Francisco manifestou neste domingo (25) seu desejo de que os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, iniciados na sexta-feira, sejam um sinal de esperança e de "fraternidade universal" em meio à pandemia de covid-19 que assola o mundo.

“Neste período de pandemia, que os Jogos Olímpicos sejam um sinal de esperança, um sinal de fraternidade universal e de um saudável espírito competitivo”, declarou o pontífice no final da oração do Angelus.

“Que Deus abençoe os organizadores, os atletas e todos aqueles que estão colaborando nesta grande celebração do esporte”, disse ele ao público reunido na Praça de São Pedro.

Os Jogos Olímpicos foram oficialmente abertos na sexta-feira com uma cerimônia com apenas algumas centenas de personalidades como público, após terem sido adiados por um ano pela pandemia.

ide/mbx/gr/psr/ic

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos