Paolo Maldini espera estar recuperado do coronavírus "em uma semana"

AFP
O ex-capitão da Itália Paolo Maldini foi diagnosticado com coronavírus junto com seu filho adolescente Daniel
O ex-capitão da Itália Paolo Maldini foi diagnosticado com coronavírus junto com seu filho adolescente Daniel

O ex-jogador e capitão do Milan e da seleção italiana Paolo Maldini disse nesta segunda-feira que espera se recuperar "em uma semana" depois de ter sido diagnosticado com o coronavírus que está causando uma pandemia e milhares de mortes em todo o mundo.

Maldini, de 51 anos, e atualmente diretor esportivo do Milan, e seu filho Daniel, que estreou recentemente no clube da Lombardia aos 18 anos, foram isolados em casa nas últimas duas semanas.

O clube de Milão anunciou no sábado que vai manter a quarentena de todo seus funcionários "até a recuperação clínica" do Covid-19.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"Com este vídeo, quero agradecer a todos que manifestaram nas redes sociais seu amor e preocupação pela minha saúde e pela do meu filho", disse Maldini no Instagram.

"Estamos bem. Devemos nos recuperar desse vírus em uma semana. Obrigado pelo seu carinho contínuo", acrescentou o vencedor de cinco Liga dos Campeões com o Milan, clube com o qual disputou 647 partidas do campeonato italiano, recorde recentemente igualado por Gianluigi Buffon.

Assim como milhares de compatriotas, Maldini elogiou profissionais que estão trabalhando duro durante a pandemia: "Quero agradecer a todos os médicos, enfermeiros, profissionais de saúde, proteção civil e policiais que enfrentam essa emergência com o máximo profissionalismo e tremenda coragem ".

"Mais uma vez, vocês nos fazem ter orgulho de ser italiano", concluiu. Todo o esporte na Itália está suspenso até pelo menos 3 de abril como resultado da pandemia, que causou mais de 6.000 mortes no país, as mais afetadas na Europa pelo Covid-19.

Leia também