Pandemia de COVID-19 atrasa obras de ampliação do estádio do Liverpool

·1 minuto de leitura
O estádio de Anfield em Liverpool, em 18 de abril de 2020, fechado devido à pandemia de coronavírus

O Liverpool suspendeu seus planos de reforma do estádio de Anfield por um ano como resultado da pandemia de coronavírus, informou o clube inglês em um comunicado nesta segunda-feira.

O clube, que com as obras pretende aumentar a capacidade de Anfield para 61.000 espectadores, planejava encerrar as obras em 2022, mas com a suspensão, o ano da conclusão poderá ser outro.

"Sofremos vários atrasos no projeto planejado como resultado direto da pandemia da COVID-19", disse o chefe de operações do clube, Andy Hughes, em um comunicado.

"Dados os desafios que muitos setores enfrentam, incluindo a construção, estamos aplicando uma suspensão responsável do projeto por pelo menos 12 meses", acrescentou.