Pandemia do novo coronavírus supera dengue, acidentes de trânsito e até fome no 'ranking da morte'

Yahoo Notícias
Foto: Chico Batata/picture alliance via Getty Images
Foto: Chico Batata/picture alliance via Getty Images

O novo coronavírus já ultrapassou a marca de 7.300 mortes no Brasil menos de dois meses depois da primeira vítima fatal. Ainda assim, muito se questiona se a pandemia seria mesmo um cenário fora da curva em relação aos óbitos num país acostumado a tristes índices.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

A primeira morte confirmada no país foi em São Paulo, no dia 17 de março deste ano. Um mês depois, de acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil já registrava 2.171 vítimas da Covid-19. O pior número em 24h foi constatado no último dia 28: 474 óbitos num mesmo dia.

Leia também

Tendo em vista esses números, é possível realizar os seguintes comparativos:

Covid-19 x Dengue

Durante todo o ano de 2019, a dengue vitimou 754 pessoas em todo o país, segundo o Ministério da Saúde. Esse foi o segundo maior número de óbitos pela doença em 21 anos.

Para fixar uma comparação com os dados de outra doenças abaixo, a dengue, em 2018, registrou 125 mortes (veja gráfico acima).

Ainda assim, em menos de 60 dias, o novo coronavírus chegou a aproximadamente 10 vezes o número de mortes da dengue. Por exemplo, nos quatro primeiros dias de maio, foram 933 mortos pela Covid-19, portanto, já superando as vítimas anuais da doença transmitida pelo Aedes Aegypti.

Covid-19 x Influenza

Segundo o DataSUS, em números referentes ao ano de 2018, a gripe Influenza vitimou 1215 pessoas durante todo o ano. A Covid-19 superou essa índice já no dia 7 de abril (1.661).

Menos de dois meses depois, como já exposto, a pandemia já vitimou mais de 7.300 mortos no Brasil.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Covid-19 X Doenças Graves

Em 2018, as mortes diárias por infarto/isquemias (316), AVC (274) e Diabetes (178), de acordo com o DataSUS, não superam o pior dia da pandemia no Brasil até o momento (474).

Até os óbitos diários motivados por “agressões violentas” (153) não são maiores dos que os assustadores números da pandemia.

Covid-19 x Homicídio

As mortes diárias por homicídio no país (114) também não superam o pior dia da pandemia no país. A última vez que o país registrou um número menor ou igual a 114 mortes diárias por Covid-19 foi no dia 7 de abril, portanto, há quase um mês.

Covid-19 x Fome

Ainda em 2018, as mortes por desnutrição durante todo o ano, segundo o DataSUS, totalizaram 5.282 óbitos.

Em menos de dois meses, como já exposto, a Covid-19 superou os 7 mil e 300 óbitos em todo o país.

Covid-19 x Acidentes de trânsito

Segundo o DataSUS, em dados referentes ao ano de 2018, as mortes diárias por acidentes no trânsito foram de 111. Consideravelmente menores do que o pior dia da pandemia (474).

A última vez que o país registrou número de mortes diários inferior a 111 foi no dia 6 de abril, quando a Covid-19 vitimou 67 óbitos diários.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também