Panamá tem técnico com bagagem em Copa do Mundo, mas experiências são frustradas

Goal.com

O que esperar do Panamá em um grupo em que enfrentará times como Bélgica e Inglaterra? Embora seja desconecida do grande público, a equipe tem um técnico com bagagem em edições de Copa do Mundo.

O colombiano Hernán Darío Gómez, de 62 anos, está em sua terceira participação no torneio na condição de treinador.

Ele esteve à frente da Colômbia em 1998, na França, e do Equador, em 2002, no torneio ocorrido na Coreia do Sul e no Japão.

Embora tenha bagagem na competição internacional, as duas participações de Hernán Darío Gómez não foram nada agradáveis.

Em 1998, a sua equipe terminou a participação ainda na fase de grupos, com apenas três pontos conquistados. E olha que a ausência de nomes de peso não era um argumento. Ele contava com Mondragón, Carlo Valderrama, Freddy Rincón, Faustino Asprilla e Víctor Aristizábal em seu elenco. O quinteto, contudo, não produziu o suficiente para garantir mais que um triunfo.

Romania Vs Colombia 1998
Romania Vs Colombia 1998

(Foto: Getty Images)

A estreia foi com um revés para a Romênia. Adrian Ilie fez o único gol da vitória por 1 a 0. Na segunda rodada, a Colômbia obteve sua única vitória sob a batuta de Hernán Darío Gómez. Com um gol de Preciado, a equipe bateu a Tunísia pelo placar mínimo.

Com chances de classificação, Los Cafeteros perderam para a Inglaterra no jogo final. O lateral direito Darren Anderton e o lendário David Beckham estufaram a rede no confronto válido pela última rodada da fase de grupos.

Em 2002, foi a vez de ele comandar o Equador em uma Copa do Mundo. Em um grupo com México e Itália, o time sul-americano terminou na lanterna, com três pontos. Desta vez, porém, havia uma justificativa plausível. Os equatorianos realmente tinham o elenco mais frágil da chave.

ivica olic - croatia ecuador - world cup 2002
ivica olic - croatia ecuador - world cup 2002

(Foto: Getty Images)

Na estreia, a equipe perdeu por 2 a 0 para a Itália. Christian Vieri marcou os dois gols do confronto. O México tomou um susto ao enfrentar os comandados de Hernán Gómez. Delgado abriu o placar, mas Borgetti e Torrado mudaram o duelo e garantiram o triunfo para os mexicanos por 2 a 1. Na rodada final, com um gol de Édison Méndez, o Equador venceu a Croácia por 2 a 0, mas isso não foi o suficiente para sair da lanterna do Grupo G da Copa do Mundo.

E agora? Como será a campanha de Hernán Darío Gómez à frente do Panamá? Os rivais são difíceis, mas será que ele consegue melhores resultados?

Leia também