Palmeiras volta a ter técnico estrangeiro em casa após 41 anos

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·1 minuto de leitura


Abel Ferreira será o vigésimo terceiro técnico estrangeiro a comandar o Palmeiras em 106 anos e a estreia em casa, nesta quinta-feira (5) diante do Red Bull Bragantino, pela partida de volta das oitavas da Copa do Brasil.

O português esteve no Alliaz Parque na goleada sobre o Atlético-MG e estará no banco de reservas pela primeira vez para repetir algo que não acontece há 41 anos. O último comandante estrangeiro no antigo Palestra Italia foi Filpo Nuñez, em fevereiro de 1979, na derrota para o Guarani por 2 a 1, pelo segundo turno do Campeonato Paulista de 1978.

Filpo Nuñez
Filpo Nuñez

Filpo Nuñez em uma das passagens pelo clube (Divulgação/Palmeiras)

O comandante argentino teve três passagens pelo Alviverde entre os anos 1960 e 1970 e treinou a primeira Academia palmeirense, vencendo o Rio-São Paulo de 1965.

Recentemente, Ricardo Gareca teve breve passagem pelo Palmeiras e ficou apenas 13 jogos no clube entre julho e agosto de 2014. Na ocasião, o também argentino acabou demitido quase dois meses antes da estreia no Allianz Parque e não teve a oportunidade de treinar o time em casa. Foram partidas somente no Pacaembu.

Abel Ferreira chega com a classificação às quartas de final da Copa do Brasil encaminhada e será o décimo sexto a treinar o Palmeiras no Allianz, o primeiro estrangeiro no local após mais de quatro décadas.