Palmeiras volta a gerar receita com bilheteria após R$ 4 milhões de prejuízo

·2 minuto de leitura


O Palmeiras iniciou nesta quarta-feira (7) a venda de ingressos para a partida contra o Red Bull Bragantino. O clube voltará a receber público após um ano e sete e meses e assim gerará receita depois de acumular R$ 4 milhões de prejuízo no período.

ATUAÇÕES: Rony é o destaque isolado do Palmeiras em derrota para o América-MG

Desde o último jogo com torcida no Allianz Parque, em dez de março do ano passado contra o Guarani, do Paraguai, foram 59 compromissos como mandante e 57 deles realizados em casa. O Alviverde saiu do Allianz para enfrentar o Santos no Morumbi, pelo Brasileiro de 2020, e o Defensa y Justicia no Mané Garrincha, pela Recopa Sul-Americana.

No caso do clássico paulista, um evento previamente marcado no local impediu a realização do confronto. Já no duelo sul-americano, o estado de São Paulo estava fechado para eventos esportivos, em abril, quando a pandemia teve um aumento significativo de casos em todo o Brasil.

Veja a tabela completa do Brasileirão

No período de estádio fechado o Palmeiras disputou partidas por Brasileiro, Copa do Brasil, Libertadores, Paulista e Recopa Sul-Americana. Com campanha quase perfeita nas competições desde então, o clube deixou de arrecadar um bom valor em bilheteria, uma vez que avançou até as final do Paulista nos últimos dois anos e realizou todos os jogos possíveis no Allianz pela Libertadores, também em dois anos consecutivos. Na Copa do Brasil, foi finalista na temporada passada e caiu prematuramente na atual edição.

Veja no aplicativo do LANCE! o resultado dos jogos da rodada

Vale lembrar que será permitido somente 30% da capacidade total no duelo deste sábado (9). A partir de 15 de outubro haverá aumento para 50% e, em novembro, os estádios paulistas poderão ter 100% dos assentos ocupados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos