Palmeiras visita Novorizontino para abrir vantagem nas quartas

Neste domingo, o Palmeiras tenta começar sua sequência de decisões do mês de abril com o pé direito, e dar um passo importante para conquistar seu primeiro título em disputa na temporada. O Alviverde visita o Novorizontino, no Estádio Jorge Ismael de Biasi, às 19h (de Brasília), pela ida das quartas de final do Campeonato Paulista.

Apesar de não esconder que a Copa Libertadores é o grande objetivo do Verdão em 2017, o técnico Eduardo Baptista enxerga o Paulistão como uma chance de ganhar força para o torneio sul-americano. O Alviverde não vence o Estadual desde 2008, e a Copa desde 1999, ano da única conquista do clube.

“Vejo o título paulista como combustível para chegar lá na frente na Libertadores. Precisamos ter uma performance melhor, diferente dos outros anos. Às vezes equipes que viviam um grande momento ganhavam o título. Esse ano precisa de um time com performance regular, boa. Temos só dois jogos. Por estar oito anos sem ganhar o título paulista é importante brigar, entrar com forma máxima, para ganhar um combustível”, disse Baptista.

Para levantar a taça no início de maio, o Palmeiras terá força máxima neste domingo contra o Novorizontino. Ao contrário de edições anteriores, a equipe não pretende poupar atletas no Estadual, já que a Copa Libertadores foi ampliada para durar quase toda a temporada.

“A Libertadores mudou seu formato em relação ao que vinha sendo até ano passado. Antes, nesse momento do ano, talvez você tivesse que se dividir entre uma competição e outra, já que o momento final da primeira fase acabaria com as finais do Paulistão. Esse ano mudou, temos apenas dois jogos da Libertadores durante as finais do Paulista. Vamos com força máxima”, completou o comandante.

Para a partida, o Palmeiras terá como desfalques o meia Alejandro Guerra, com uma fratura no nariz, o lateral Jean, que tem uma fissura no pé direito e está em observação do departamento médico, além dos suspensos Zé Roberto e Vitor Hugo. Em compensação, os colombianos Yerry Mina e Miguel Borja voltam das Eliminatórias e estão confirmadas. Outro ausente na partida contra a Ponte Preta, Michel Bastos também deve estar em campo.

Do outro lado, o discurso do Novorizontino é bem mais cauteloso. O presidente do Tigre, Genilson Rocha dos Santos, deixou claro que a classificação da equipe já foi sinal de um trabalho bem feito No entanto, o mandatário não descartou surpreender o Verdão.

“Nosso maior objetivo dentro da competição, depois de se livrar do rebaixamento, é claro, era essa classificação entre os oito, então temos um dos objetivos alcançados. A partir disso, nosso próximo passo é fazer dois grandes jogos contra a equipe do Palmeiras e mostrar por que o Novorizontino chega às quartas de final. Nossa equipe tem se mostrado muito competitiva dentro de casa, e vamos tirar proveito disso também”, declarou.

A alegria por ter chego ao mata-mata do Paulistão é mesmo justificável. Com a boa campanha no Paulistão, o Novorizontino garantiu vaga na disputa da Série D do Campeonato Brasileiro de 2018. Para seguir fazendo história, o Tigre pensa em conquistar um bom resultado dentro de casa.

“Para jogar o primeiro jogo em casa e decidir aqui na capital vai ser preciso tirar o máximo de vantagem possível dentro dos nossos domínios, com a torcida a favor”, finalizou.

FICHA TÉCNICA

NOVORIZONTINO X PALMEIRAS

Local: Estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP)

Data: 2 de abril de 2017, domingo

Horário: 19h (de Brasília)

Árbitro: Não divulgado

Assistentes: Não divulgado

NOVORIZONTINO: Michael; Railan, Jeci, Guilherme Teixeira e Igor; Rodrigo, Tormena, Henrique Santos e Caique; Nilson e Henrique

Técnico: Silas

PALMEIRAS: Fernando Prass; Fabiano, Yerry Mina, Edu Dracena e Egídio; Felipe Melo; Róger Guedes (Willian), Dudu, Tchê Tchê e Michel Bastos (Raphael Veiga); Miguel Borja

Técnico: Eduardo Baptista