Palmeiras vira na Vila em três minutos, vence Santos e se classifica

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Um clássico daqueles eletrizantes entre Santos e Palmeiras ocorreu neste domingo (19), na Vila Belmiro, pela nona rodada do Campeonato Paulista.

Com gols de Jean e Willian aos 41min e 43min do segundo tempo, depois de serem pressionado durante boa parte do clássico, os palmeirenses arrancaram a virada em 2 a 1.

Ricardo Oliveira havia vencido Fernando Prass inicialmente, mas foi a equipe de Eduardo Baptista que levou a melhor.

Autor de quatro gols contra o Palmeiras em 2015, Oliveira voltou a marcar depois de um ano em branco. O gol do veterano foi de puro oportunismo, na pequena área, mas insuficiente para vencer.

A derrota parecia certa, mas, aos 41min, Jean marcou em lance de triangulação e falha de Vladimir.

Dois minutos depois, em lindo lance de Roger Guedes, Willian, que havia entrado pouco tempo antes, recebeu a bola, finalizou e decretou a virada.

SANTOS

Vladimir; Victor Ferraz (Matheus Ribeiro), Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Renato e Thiago Maia (Rodrigão); Vítor Bueno (Vladimir Hernández), Lucas Lima e Bruno Henrique; Ricardo Oliveira. Treinador: Dorival Júnior

PALMEIRAS

Fernando Prass; Jean, Mina, Edu Dracena e Zé Roberto (Willian); Felipe Melo e Tchê Tchê; Keno (Roger Guedes), Guerra (Egídio) e Dudu; Borja. Treinador: Eduardo Baptista.

Gols: Ricardo Oliveira, aos 29min, Jean, aos 41min e Willian aos 43min do segundo tempo

Cartões amarelos: Felipe Melo, Jean

Estádio: Vila Belmiro, em Santos

Público e renda: 8.742 e R$ 355.840,00

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza