Palmeiras vence Universidad Católica (1-0) fora na ida das oitavas da Libertadores

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Raphael Veiga comemora após marcar o gol da vitória no jogo de ida das oitavas de final da Libertadores contra a Universidad Catolica do Chile, no estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago, em 14 de julho de 2021
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Palmeiras, atual campeão da Libertadores, derrotou o chileno Universidad Católica por 1 a 0 no jogo de ida das oitavas de final, disputado nesta quarta-feira, no estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago.

O gol da vitória do Verdão foi marcado pelo meia Raphael Veiga, em um pênalti muito discutido pelos chilenos, aos 42 minutos de jogo.

Com essa vitória o Palmeiras leva uma vantagem importante para o jogo de volta que será disputado na próxima semana em São Paulo.

Quem avançar vai enfrentar o vencedor do confronto entre o argentino Racing Club e o São Paulo, que empataram em 1 a 1 no jogo de ida.

- Pênalti polêmico -

Apesar do domínio que o Palmeiras tem mostrado nesta Libertadores, a equipe paulista não conseguiu levar muito perigo na primeira meia hora de jogo e preocupou seu treinador, o português Abel Ferreira, que pedia a seus jogadores mais jogadas pelas pontas.

A Universidad Católica pressionou a saída de bola do Palmeiras que se surpreendeu com a atitude decisiva do time chileno, principalmente na ponta direita onde o jovem Gonzalo Tapia era um perigo constante para a defesa brasileira.

Mas em uma das poucas jogadas perigosas do Verdão, a bola desviou na coxa e bateu na mão do zagueiro Germán Lanaro após um cruzamento na área de 'La Cato'. O árbitro da partida, o uruguaio Andrés Matonte, revisou a jogada como auxílio do VAR e marcou pênalti, causando protestos dos jogadores chilenos.

Raphael Veiga converteu a penalidade que deu ao Palmeiras a vantagem no fim do primeiro tempo que quase terminou empatada antes do intervalo com uma cobrança de falta de Felipe Gutiérrez, que acertou o travessão.

O jogo ficou mais solto na segunda etapa, com mais espaços criados devido ao desespero da equipe chilena que partiu para cima em busca do empate. Apesar de pressionar mais, a Universidad Católica foi ficando sem ideias com o passar dos minutos.

Mesmo encurralando o Palmeiras, cujo goleiro Weverton trouxe bastante segurança, a equipe chilena não conseguiu alcançar o empate e saiu de campo com uma derrota que complica suas chances de avançar para as quartas de final, enquanto o atual campeão segue firme na defesa do seu título.

--- Ficha técnica:

Universidad Católica - Palmeiras 0 - 1

Local: Estádio San Carlos de Apoquindo (Santiago)

Árbitro: Andres Matonte (URU)

Gol:

Palmeiras: Raphael Veiga (42 de pênalti)

Cartões amarelos:

Universidad Católica: Zampedri (42), Parot (64), Lanaro (81)

Palmeiras: Marcos Rocha (60), Viña (65), Ribeiro Silva (74)

Escalações:

Universidad Católica: Sebastian Pérez - Germán Lanaro, Valber Huerta, Raimundo Rebolledo, Alfonso Parot - Ignacio Saavedra (José Fuenzalida, 83), Felipe Gutiérrez, Juan Leiva (Francisco Silva, 61) - Fernando Zampedri, Gonzalo Tapia (Edson Puch, 61), Diego Valencia. Técnico: Gustavo Poyet.

Palmeiras: Weverton - Marcos Rocha, Benjamin Kuscevic, Gustavo Gomez, Matías Viña (Victor Luis, 82) - José Rafael, Gustavo Scarpa (Dudu, 64), Raphael Veiga (Patrick de Paula, 82), Danilo Santos De Oliveira - Deyverson, Breno Lopes (Wesley, 64). Técnico: Abel Ferreira.

msa/ma/cl/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos