Palmeiras vence, reafirma liderança e iguala melhor sequência de Abel

·3 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Palmeiras venceu o Atlético-GO por 3 a 0 neste domingo (18), em Goiânia, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o triunfo, a equipe alviverde mantém a liderança do Nacional, com 28 pontos, três acima do segundo colocado Atlético-MG.

A vitória diante dos goianos, sétima consecutiva da equipe na temporada, fez com que os palmeirenses igualassem sua melhor marca sob o comando do técnico Abel Ferreira, conquistada entre os dias 2 e 16 de maio deste ano.

Naquela ocasião, o Palmeiras derrotou Santo André, Santos, Ponte Preta, Red Bull Bragantino e Corinthians, pelo Campeonato Paulista, e levou a melhor sobre Defensa y Justicia (ARG) e Independiente del Valle (EQU), pela Copa Libertadores.

A sequência atual contou com vitórias sobre Bahia, Internacional, Sport, Grêmio, Santos e Atlético-GO, pelo Brasileiro, e o triunfo diante da Universidad Católica (CHI), pelo torneio continental.

Em alta e com a missão de defender o título da América, o clube alviverde buscará confirmar a classificação às quartas de final da Libertadores na próxima quarta-feira (21). Depois de vencer por 1 a 0 no Chile, a equipe pode até empatar sem gols que garante a vaga na próxima fase.

Uma vitória sobre os chilenos no Allianz Parque registrará uma sequência positiva de oito partidas, inédita até aqui com Abel à frente do time. Contratado em novembro do ano passado, o português, campeão continental e da Copa do Brasil, ainda não completou um ano de clube.

Neste domingo, o Palmeiras foi presenteado com um gol contra para abrir o placar, encaminhar a vitória sobre o Atlético-GO e reafirmar a liderança do Campeonato Brasileiro.

Aos 13 minutos do segundo tempo, Raphael Veiga encontrou Wesley no lado esquerdo, o atacante cruzou rasteiro para dentro da área e o zagueiro Éder, na tentativa de cortar o cruzamento, acabou desviando para a própria meta.

O segundo veio já aos 45 da etapa final. Deyverson acionou Breno Lopes pela direita e o atacante cruzou na cabeça de Gustavo Scarpa, que desviou para o gol. Aos 50, nos acréscimos, foi a vez de Breno Lopes anotar o seu. Deyverson recuperou na intermediária e serviu o companheiro de novo, que só teve o trabalho de empurrar para a rede e definir a vitória.

Em Goiânia, o meia-atacante Dudu foi titular pela primeira vez desde seu retorno ao clube alviverde. Nas vitórias contra Santos e Universidad Católica, o ídolo palmeirense havia entrado durante o segundo tempo.

A última partida que ele tinha disputado desde o início havia sido no dia 10 de maio, quando atuava pelo Al Duhail, do Qatar.

O próximo compromisso do Palmeiras no Campeonato Brasileiro é contra o Fluminense, no próximo sábado (24), pela 13ª rodada, no Allianz Parque.

Atlético-GO: Fernando Miguel; Dudu (Arnaldo), Oliveira, Eder e Igor Cariús; Willian Maranhão, Marlon Freitas e André Luis (Ronald); Arthur Gomes, Janderson (Toró) e Lucão (Zé Roberto). Técnico: Eduardo Barroca

Palmeiras: Weverton; Mayke, Gustavo Gómez, Felipe Melo e Renan; Patrick de Paula (Danilo), Zé Rafael e Raphael Veiga (Gustavo Scarpa); Dudu (Breno Lopes), Wesley (Matías Viña) e Willian (Deyverson). Técnico: Abel Ferreira

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 0x3 PALMEIRAS

Competição: 12ª rodada do Campeonato Brasileiro

Data: 18/07/2021(domingo)

Horário: 16h (de Brasília)

Local: estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO)

Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)

Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Brigida Cirilo Ferreira (AL)

VAR: Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE)

Cartão amarelo: Zé Roberto (Atlético-GO); Wesley (Palmeiras)

Cartão vermelho: -

Gols: Éder (contra), aos 13' do 2º tempo (0-1); Gustavo Scarpa, aos 46' do 2º tempo (0-2); Breno Lopes, aos 50' do 2º tempo (0-3).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos