Palmeiras vence Independiente del Valle (1-0) em Quito e vai às oitavas da Libertadores

·3 minuto de leitura
William Pacho (esq.), do Independiente del Valle, disputa a bola com Raphael Veiga, do Palmeiras, no jogo da Libertadores em Quito, no dia 11 de maio de 2021

O atual campeão Palmeiras se classificou nesta terça-feira para as oitavas de final da Copa Libertadores-2021 ao vencer o Independiente del Valle como visitante por 1 a 0 em partida disputada em Quito pela quarta rodada do Grupo A.

Com um chute no meio do gol em cobrança de pênalti, Raphael Veiga abriu o placar para o time paulista aos 43 minutos no estádio Rodrigo Paz, em Quito.

Com uma campanha 100%, após quatro vitórias consecutivas, o Verdão garantiu com antecedência a vaga nas oitavas de final do torneio faltando dois jogos para o fim da fase de grupos.

A segunda vaga será disputada ombro a ombro entre o Independiente del Valle que tem 4 pontos, com o argentino Defensa y Justicia (com a mesma pontuação), que nesta quarta-feira visita o Universitario de Deportes que ainda não pontuou.

Na próxima rodada o Del Valle, que perdeu uma invencibilidade de 24 jogos em jogos em casa na Libertadores, visita o Universitario enquanto o Palmeiras recebe o Defensa y Justicia.

- Duelo de técnicos portugueses -

O treinador português Abel Ferreira, cujo time busca o bicampeonato, colocou em campo uma equipe com o objetivo de dominar o jogo no meio-campo.

A estratégia era defender com todos atrás da linha da bola, cobrindo as possíveis saídas para impedir a criação de jogadas ofensivas por parte do time local.

A recuperação nos três quartos era seguida por passes longos em busca dos atacantes Luiz Adriano e Roni que exigiram atenção redobrada do goleiro do time da casa Moisés Ramírez, nas saídas para interceptar bolas fora de sua área.

O Independiente, que também é comandado por um português, Renato Paiva, subestimou a pressão elevada na saída do visitante.

O time local tocava a bola sem parar, procurando os ofensivos Jacob Murillo e Cristian Ortiz para se desmarcarem nas costas dos brasileiros e cruzar as bolas, mas Luan e Gustavo Gomez foram precisos nos cortes e antecipações.

O Palmeiras, por sua vez, esperava alguma falha na saída do adversário para desequilibrar com a velocidade e habilidade de seus atacantes.

Quando parecia que o placar não se mexeria no primeiro tempo, os zagueiros equatorianos se confundiram, Patrick de Paula recuperou a bola, tocou para Luiz Adriano, que ao entrar na área foi derrubado por Ramírez. O juiz venezuelano Jesús Valenzuela não hesitou em marcar o pênalti.

Raphael Veiga converteu com um chute certeiro aos 43 minutos do jogo.

- Linha de seis para defender -

Na segunda etapa, o Independiente del Valle, em busca do empate, começou a pressionar por todos os lados.

Conforme os minutos passavam, o atual campeão foi recuando mais.

As chegadas do time equatoriano foram mais constantes, os escanteios se multiplicaram e o perigo se alastrou na área de Weberton que brilhava em suas intervenções.

Ocasionalmente, o Palmeiras apelava para Roni que em sua habilidade sofria faltas que faziam o time brasileiro apostar na bola parada e desestabilizar a equipe local.

Nos últimos 15 minutos, Paiva colocou em campo o meia-atacante Joffre Escobar e o paraguaio Brian Montenegro ficando com quatro jogadores ofensivos.

Para detê-los, Abel Ferreira montou uma linha de seis defensores.

Com o tempo, Weberton evitou o gol do time da casa, voando no ângulo após um chute do argentino Lorenzo Faravelli.

O Independiente sofreu uma derrota em casa depois de 24 jogos na Libertadores enquanto o Palmeiras comemorou sua classificação antecipada com uma excelente campanha até o momento.

dsl/cl/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos