Palmeiras vence Flamengo e levanta taça da Copa Libertadores pelo segundo ano consecutivo

·1 min de leitura

MONTEVIDÉU (Reuters) - O Palmeiras conquistou sua terceira Copa Libertadores --a segunda consecutiva-- neste sábado, após vencer o Flamengo por 2 a 1 na prorrogação, na final entre os dois últimos campeões da principal competição de clubes do continente.

Na partida disputada no tradicional estádio Centenário, na cidade uruguaia de Montevidéu, perante 60 mil torcedores, o Palmeiras abriu o placar aos 4 minutos por meio de Raphael Veiga, enquanto o Flamengo empatou aos 27 minutos do segundo tempo com gol de Gabigol.

Na prorrogação, o Palmeiras chegou ao segundo gol com Deyverson aos 5 minutos, após aproveitar um erro no início da defesa do Flamengo.

Para repetir o título conquistado nas edições de 1999 e 2020, o Palmeiras deixou o Atlético Mineiro, São Paulo e Universidad Católica pelo caminho, após vencer Defensa y Justicia, Independiente del Valle e Universitario de Deportes na fase de grupos.

O time, comandado pelo português Abel Ferreira, é o primeiro a erguer o troféu duas vezes consecutivas desde que o argentino Boca Juniors alcançou o feito nas edições de 2000 e 2001 da competição.

Com a vitória, o Palmeiras obteve a classificação para a fase de grupos da próxima Libertadores e jogará a Recopa contra o Atlético Paranaense, vencedor da Copa Sul-Americana há uma semana.

O Flamengo perdeu a oportunidade de conquistar seu terceiro título da Libertadores, depois dos títulos em 1981 e 2019.

(Por Ramiro Scandolo)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos