Palmeiras vai negociar "acomodados" e procura lateral-esquerdo

Jorge Nicola
Hernández chegou a ser indicado por Eduardo Baptista, mas Verdão desistiu após confusão. Foto: AP

O elenco do Palmeiras passará por mudanças nas próximas semanas. Diretoria e comissão técnica identificaram jogadores “acomodados” e pretendem negociá-los até o início do Campeonato Brasileiro. Os atacantes Alecsandro e Rafael Marques estão nesta relação. O diretor-executivo de futebol alviverde Alexandre Mattos também busca no mercado um lateral-esquerdo.

Alecsandro teve ofertas de Bahia e Coritiba nos últimos dias. O negócio com os paranaenses parece mais viável até pela boa relação entre Coritiba e Palmeiras. O atacante de 36 anos, cujo contrato termina em 31 de dezembro, não joga uma partida oficial desde 16 de abril.

Rafael Marques também foi bastante assediado no início da temporada, mas Eduardo Baptista queria observá-lo primeiro e pediu para que o Palmeiras segurasse o veterano. Rafael Marques esteve na mira de Vasco, Botafogo, Grêmio e São Paulo.

Já a procura por um lateral-esquerdo foi decidida recentemente, depois de uma reunião entre o técnico e a cúpula alviverde. Zé Roberto perdeu moral internamente depois de atuações ruins contra a Ponte Preta e na Libertadores e virou reserva. Já Egídio, alçado à condição de titular, não agradou e hoje assistirá a Michel Bastos jogar na posição – Michel deixou claro que quer brigar por um lugar no meio, mas aceitou quebrar um galho diante do Jorge Wilstermann.

Eduardo Baptista chegou a indicar o lateral-esquerdo Lucas Hernández, do Peñarol, a Alexandre Mattos depois da boa partida do uruguaio na partida do Allianz Parque. O Palmeiras, porém, desistiu do jogador depois da confusão em Montevidéu. Hernández se envolveu nas agressões contra os palmeirenses e, inclusive, está suspenso provisoriamente por três partidas.

Para acessar outras notícias do Blog do Jorge Nicola, clique aqui: