Palmeiras vai bem na defesa, mas ataque não assusta; leia análise

·1 minuto de leitura


O Palmeiras conseguiu neutralizar, mas não atacar o Atlético-MG, no empate sem gols entre as duas equipes, no Allianz Parque, pelo duelo de ida das semifinais da Libertadores.

Apostando em uma formação mais experiente, Abel colocou Felipe Melo e Zé Rafael como volantes. O primeiro fez mais a contenção da defesa, buscando anular o criativo meia Nacho Fernández. Já o segundo tinha a função de buscar mais o jogo, ajudando no começo da armação das jogadas.

Na parte defensiva, o Palmeiras não sofreu tanto. Claro que aí, precisamos levar em conta o pênalti perdido por Hulk, mas o Galo não conseguiu ameaçar depois da penalidade. Tanto é que o Alviverde terminou a partida com 11 desarmes, segundo o 'Footstats', sendo os líderes no quesito, Felipe Melo, Dudu, Gustavo Gómez e Zé Rafael, todos com dois desarmes certos.

GALO OU VERDÃO? QUEM AVANÇA? SIMULE OS JOGOS DA LIBERTADORES

Passando para o ataque, Abel Ferreira escalou Raphael Veiga como meia armador, Dudu na ponta esquerda e Rony na ponta direita. O trio tinha como 'missão' municiar o centroavante Luiz Adriano. No entanto, faltou agressividade ao time, que se via 'preso' na última parte do gramado.

O Palmeiras finalizou somente cinco vezes em toda a partida, sendo que somente uma acertou o gol de Everson, que não teve grandes problemas para lidar com o poderio ofensivo do Verdão. Nem mesmo as entradas de Wesley, Deyverson e Gabriel Veron surtiram efeito.

Resta agora aguardar a volta das semifinais, na próxima terça-feira (28), às 21h30, no Mineirão. Para o Palmeiras, basta empatar com gols para se classificar, ou vencer nos pênaltis com um novo 0 a 0. Sendo assim, o time joga pelo empate. Se depender da defesa, pode levar a vaga para a segunda final consecutiva de Libertadores.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos