Técnico confirma zaga titular, mas meio campo ainda é dúvida

Nesta sexta-feira, o Palmeiras encara o Novorizontino, às 21 horas, no Pacaembu, pelas quartas de final do Campeonato Paulista. Apesar de indicar o time que entraria em campo, o técnico Eduardo Baptista revelou, em entrevista coletiva nesta quinta, que ainda não tem a escalação 100% definida.

Contudo, uma certeza Eduardo tem: a zaga alviverde. O colombiano Mina fará parceria com Edu Dracena, enquanto Vitor Hugo, nome importante na conquista do Campeonato Brasileiro de 2016, ficará no banco. O treinador destacou o momento dos atletas que começarão jogando, e exaltou a qualidade do elenco.

“A gente tem que observar o momento de cada um. O Mina e o Edu vivem um grande momento, assim como o VItor. O Edu vem de uma sequência boa e deu um toque de experiência ao time. Então, para esse jogo, a dupla é Edu e Mina, mas, na necessidade de um substituto, temos o Vitor e Antônio Carlos em excelente condições”, disse o treinador.

A dúvida de Baptista diz respeito ao meio campo. Após a expulsão de Róger Guedes no jogo de ida, uma disputa pela vaga se iniciou. O técnico sinalizou que escolheria o venezuelano Alejandro Guerra para a posição, contudo, por ter perdido o primeiro confronto por conta de lesões, o meia pode não aguentar os 90 minutos. Assim, Michel Bastos e Keno também estão na disputa, o que acarretaria mudança na posição de Dudu.

“Essa é a dúvida. Vocês viram (no último treino) uma equipe com o Guerra por dentro, com o Dudu deslocado para a direita. Hoje, tentaremos outro sistema, com o Dudu caindo pelo meio. Talvez o Guerra não suporte o tempo todo, já que o desgaste é maior. Então ou Guerra ou com essa formação que vamos treinar hoje”, continuou. O Verdão fez um treino fechado no início da noite no Pacaembu.

Falando em Dudu, Eduardo Baptista exaltou que o camisa 7 faz bem sua função tanto aberto pela direita quanto pelo meio. “Nas duas posições o Dudu rende bem. Por dentro, ele tem uma aproximação com o Borja e tem um passe final qualificado. Do lado esquerdo, ele não fica preso, tem liberdade para vir para o meio e ser esse meia”, finalizou o comandante.

Veja fotos do Centro de Excelência do Palmeiras.

*Especial para a Gazeta Esportiva