Palmeiras está com "sorte de campeão" em apenas dez rodadas da Série A

Yahoo Esportes
Dudu comemora o gol de empate contra o São Paulo, no Morumbi. Foto: Julio Zerbatto/MyPhoto Press/Gazeta Press
Dudu comemora o gol de empate contra o São Paulo, no Morumbi. Foto: Julio Zerbatto/MyPhoto Press/Gazeta Press

O Palmeiras segue líder do Brasileiro com 26 pontos, três a mais do que o Santos e seis do Flamengo. Neste sábado, empatou com o São Paulo em 1 a 1, num jogo em que foi inferior ao adversário e, ainda assim, conseguiu um bom resultado.

É inegável que o Palmeiras atingiu um nível forte de competitividade. Mesmo com o melhor elenco do país, não esperem brilhantismo e técnica apurada da equipe, o negócio é buscar os três pontos. E isso não diminui o trabalho em absolutamente nada. Felipão e a diretoria montaram um grupo experiente e com alternativas para ganhar títulos, sem a necessidade de impressionar ninguém.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O que eu vejo dentro de campo é que para bater o Palmeiras, será preciso competir muito mais. O time está fisicamente bem preparado e consistente. Claro que quando sai atrás, a sorte também pode ajudar. Diante do São Paulo, o Palmeiras foi inferior no primeiro tempo e poderia ter saído para o vestiário com um placar negativo maior. Voltou para a segunda etapa mais concentrado e sem dar muitos espaços para o tricolor.

E aí entrou aquilo que eu mencionei anteriormente. Um gol de empate com muita felicidade dos “Deuses do Futebol” e tamanha infelicidade do goleiro Thiago Volpi. Escore igualado e com o Palmeiras quase virando o clássico.

O ponto ganho no Morumbi foi enorme e manteve o Verdão na liderança, mesmo que as vantagens para Santos e Fla tenham diminuído.

Fiquei com a impressão inédita de que o Palmeiras está com “sorte de campeão” com apenas dez rodadas. Óbvio que não há definido, nem encaminhado, mas que o time está com muita sorte, além da competência, isso é inegável.

Leia também