Palmeiras tem prejuízo de quase R$7 milhões em junho, mas mantém ano positivo

·1 minuto de leitura


Apesar do prejuízo de R$6,67 milhões registrado, as contas de junho do Palmeiras foram aprovadas, nesta quarta-feira (1), em reunião do Conselho de Orientação e Fiscalização (COF). De acordo com o clube, o resultado negativo é consequência da variação cambial. A informação foi divulgada pelo jornalista Danilo Lavieri, do UOL.

No encontro, 14 presentes votarão pela aprovação, enquanto houve uma abstenção e um voto contra.

Mesmo assim, o Maior Campeão Nacional tem superávit em 2021. Recebendo as premiações pelos títulos da Copa do Brasil e da Libertadores apenas neste ano, o Verdão conseguiu aliviar as contas. Além disso, o resultado esportivo, que excedeu as expectativas – no orçamento para a temporada, as metas do Paulistão e Libertadores eram semifinal e quartas de final, respectivamente -, e valores obtidos com vendas de atletas ajudaram a compensar os problemas causados pela pandemia e pela eliminação precoce na copa nacional.

Mesmo assim, o clube segue com uma postura conservadora no mercado e, por isso, não fechou a contratação de nenhum centroavante, permanecendo com Deyverson, que não vive uma boa fase, e Luiz Adriano, que vem sofrendo com lesões, como opções.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos