Palmeiras rejeita proposta do Red Bull Bragantino por compra de porcentagem de Artur

·1 min de leitura


Formado nas categorias de base do Palmeiras, Artur foi vendido ao Red Bull Bragantino em janeiro de 2020 por cerca de R$ 25 milhões. O Massa Bruta detém 90% dos direitos econômicos do jogador e fez uma oferta de R$ 5 milhões pelos 10% restantes, porém o valor foi recusado pelo Alviverde. A informação foi divulgada pelo jornalista Alexandre Praetzel, do Yahoo.

O atacante vem tendo grande destaque pelo Massa Bruta, onde já balançou as redes 25 vezes em 105 jogos disputados. Na última edição do Campeonato Brasileiro, a Cria da Academia atuou em 30 partidas, marcou 12 gols e contribuiu com oito assistências.

O bom desempenho em Bragança Paulista valoriozou o valor de mercado de Artur e chamou a atenção de clube do exterior, o que aumentou o interesse da diretoria do Braga em ter 100% dos direitos econômicos do atleta, feito recusado pela diretoria do Verdão, que ainda mantém um percentual de 10%. Atualmente, o atacante está avaliado em 9 milhões de euros (R$ 60 milhões), segundo o Transfermarket.

Pelo time profissional do Palmeiras, Artur fez apenas oito jogos, um em 2016 e sete em 2018. Sem ter marcado nenhum gol, o camisa sete do Red Bull Bragantino fez parte do time comandado por Felipão na campanha até o título do Brasileirão de 2018.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos