Palmeiras recusou proposta por Dudu de R$ 45mi além da cessão de Marinho

Jorge Nicola
Atacante custou cerca de R$ 22 milhões ao Palmeiras (Cesar Greco/Ag. Palmeiras)

Apesar do assédio a Mina e Borja, a melhor proposta recebida pelo Palmeiras na última janela de transferências foi por Dudu. O Changchun Yatai, da China, ofereceu R$ 45 milhões à vista, além da cessão em definitivo do atacante Marinho, para contar com Dudu.

Vale lembrar que Marinho esteve na mira do Verdão no fim do ano passado, depois de grande temporada pelo Vitória. O Palmeiras, porém, perdeu a disputa para o Yatai, que desembolsou R$ 17 milhões e o contratou em janeiro.

Além da bolada oferecida ao Palmeiras, o time chinês ainda prometeu praticamente triplicar o salário de Dudu. Os empresários do atacante quiseram dar sequência ao negócio, porém o presidente Maurício Galiotte vetou a transferência.

O Changchun Yatai ainda aumentou a oferta, prometendo ao Palmeiras uma série de bônus de acordo com o desempenho de Dudu na Superliga Chinesa. Galiotte voltou a dizer “não”, preocupado com o prejuízo técnico que o time sofreria em meio ao mata-mata da Libertadores contra o Barcelona-EQU – dias depois, em 9 de agosto, o Verdão acabou eliminado nos pênaltis pelos equatorianos.

Dudu também foi alvo de outra proposta na última janela. O Besiktas, da Turquia, se dispôs a gastar cerca de R$ 37 milhões para levar o atacante, conforme o Blog revelou em 3 de julho. Diante dos valores, no entanto, o Palmeirs nem abriu conversas.

Contratado em 2015 depois de ser disputado por Corinthians e São Paulo, Dudu custou 6 milhões de euros, que valem hoje cerca de R$ 22 milhões – a aquisição se deu em dois momentos diferentes, com a segunda parte sendo comprada neste ano. Desde sua chegada, ele fez 143 jogos e 35 gols com a camisa alviverde.

Para acessar outras notícias do Blog do Jorge Nicola, clique aqui: