Palmeiras recusa duas propostas do PSG por Endrick

Endrick comemora seu 1º gol como profissional no Allianz Parque, em vitória contra o Fortaleza (Ettore Chiereguini)

O PSG foi o responsável pelas primeiras propostas oficiais por Endrick. O Blog apurou que o clube de Messi, Neymar e Mbappe fez duas ofertas, ambas recusadas, nesta quinta e sexta-feira. A primeira de 45 milhões de euros ou R$ 248 milhões, incluindo um valor fixo e bônus por performance.

Leila Pereira respondeu na própria quinta-feira que só aceita vender Endrick pelos 60 milhões de euros (R$ 331 milhões) estipulados como multa rescisória do contrato com o Verdão. O PSG voltou à carga nesta sexta-feira com nova proposta, superior a primeira.

Mas a presidente palmeirense deu a mesma resposta da quinta-feira: "só aceita 60 milhões de euros". Chefão do PSG, Luiz Campos ficou de conversar com Nasser Al-Klelaifi, presidente do clube e CEO da Qatar Sports Investments, sobre os próximos passos.

A pressa do PSG tem a ver com a concorrência: Real Madrid e Chelsea farão propostas em breve. Manchester City e Manchester United também demonstraram interesse no atacante de só 16 anos, que já tem três gols em seis partidas pelo profissional do Palmeiras.

Vale lembrar que Endrick e seus pais são donos de 30% do valor de uma venda futura - o restante é do Palmeiras.