Palmeiras recebe o São Paulo e pode ampliar a crise no rival

·3 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Palmeiras e São Paulo vivem realidades bastante diferentes desde que se enfrentaram na final do Campeonato Paulista deste ano.

Na ocasião, a vitória deu ao time tricolor seu primeiro título em quase uma década e criou a expectativa de que o elenco, então comandado por Hernán Crespo, pudesse sonhar alto na temporada. Mas entre a final do Estadual e o último clássico entre os clubes nesta temporada, tudo mudou.

As duas equipes voltam a se enfrentar nesta quarta-feira (17), às 20h30, no Allianz Parque, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro --o Premiere transmite a partida.

Desde o início do Brasileiro, o São Paulo jamais conseguiu passar para a metade de cima da tabela e hoje briga contra o rebaixamento.

Já o Palmeiras, com exceção da rodada de estreia em que perdeu, esteve sempre entre os dez primeiros do torneio, chegou a ser líder e ainda tem chances de título.

Na Copa Libertadores deste ano, as equipes se enfrentaram nas quartas de final e o São Paulo chegou a sair na frente no jogo de ida, em casa, mas não passou de um empate no Morumbi e sucumbiu por 3 a 0 no Allianz Parque.

Já o Palmeiras, atual campeão da América, está novamente na final do torneio, desta vez contra o Flamengo, e caso conquiste o título, iguala os três troféus conquistados pelo rival tricolor.

Na Copa do Brasil, o time alviverde foi surpreendentemente eliminado pelo CRB, de Alagoas, nos pênaltis.

Já os tricolores foram eliminados pelo Fortaleza com o mesmo roteiro da Libertadores: também nas quartas e novamente empatando o jogo de ida em casa após sair na frente (2 a 2), além de ter sofrido três gols no duelo de volta (perdeu por 3 a 1).

Agora com Rogério Ceni, o São Paulo está na 15ª posição com 38 pontos, apenas dois a mais que Bahia e Juventude, respectivamente o primeiro time fora e o primeiro dentro da zona de rebaixamento do Brasileiro (16º e 17º colocados).

Se perder e essas duas equipes vencerem (a primeira enfrenta o Sport fora de casa, na quinta, e a segunda, o Fluminense em casa, nesta quarta), terminará a rodada na zona da degola.

Para piorar, o São Paulo vem de uma derrota por 4 a 0 no Morumbi para o Flamengo, ex-time de Ceni.

Já o Palmeiras perdeu, na última rodada, o jogo contra o Fluminense e a vice-liderança do Brasileiro.

Na terceira posição com 58 pontos, já vê o líder Atlético-MG distante, apesar de ter um jogo a menos.

PALMEIRAS

Weverton; Marcos Rocha, Kuscevic, Luan, Victor Luis; Danilo, Zé Rafael, Gustavo Scarpa, Raphael Veiga; Rony, Wesley (Breno Lopes). T.: Abel Ferreira

SÃO PAULO

Tiago Volpi; Bruno Alves, Miranda e Léo; Igor Vinicius (Orejuela), Igor Gomes, Gabriel Neves, Gabriel Sara (Rodrigo Nestor) e Reinaldo; Luciano e Rigoni.

Estádio: Allianz Parque, em São Paulo

Horário: 20h30 (de Brasília) desta quarta-feira (17)

Juiz: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

VAR: Diogo Carvalho Silva (RJ)

Transmissão: Premiere

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos