Palmeiras realiza atividade técnica e embarca para o Equador para enfrentar o Emelec

·2 min de leitura
Apenas os jogadores reservas, que devem jogar na quarta, fizeram treino completo (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)


Na manhã desta segunda-feira, na Academia de Futebol, o Palmeiras deu sequência na preparação para o duelo com o Emelec-EQU, nesta quarta, às 21h (horário de Brasília), no Estádio George Capwell, em Guayaquil-EQU, pela fase de grupos da Libertadores. Após o almoço, a delegação embarca para o Equador, onde deve atuar com uma equipe alternativa seguindo o rodízio.

GALERIA
> Relembre o desempenho do Palmeiras em cada edição dos pontos corridos

TABELA
> Veja classificação e simulador da Libertadores-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Já no gramado, após o aquecimento, a comissão de Abel Ferreira comandou uma movimentação técnica com os jogadores de linha. Os focos da atividade foram posse de bola e objetivos específicos. Os goleiros trabalharam com os preparadores da posição Rogério Godoy e Thales Damasceno.

Na sequência, os titulares da vitória por 3 a 0 sobre o Corinthians, no último sábado, pelo Campeonato Brasileiro, fizeram complemento físico pelo desgaste acumulado e foram liberados, enquanto os demais atletas palestrinos colocaram em prática outro treino técnico, desta vez com os arqueiros.

Apesar da diminuição dos casos de Covid-19 e das medidas de restrição por conta da pandemia, o Verdão ainda não liberou a presença de jornalistas nos treinamentos. Assim, as informações são fornecidas pela assessoria do clube.

Um provável Palmeiras para enfrentar o Emelec é: Weverton; Mayke, Kuscevic, Murilo (Gustavo Gómez) e Jorge; Danilo (Gabriel Menino), Atuesta e Gustavo Scarpa; Gabriel Veron (Breno Lopes), Wesley e Rafael Navarro. Os únicos desfalques devem ser Luan, que ainda se recupera de lesão na coxa, e Jailson, que rompeu o ligamento cruzado do joelho direito no último domingo.

A delegação embarca a Guayaquil após o almoço e encerra a preparação nesta terça, no Estádio Monumental, às 16h (horário local). A última visita alviverde ao Equador ocorreu em abril do ano passado, quando o time derrotou o Independiente del Valle-EQU por 1 a 0, com gol de Raphael Veiga, de pênalti.

O Palmeiras ostenta uma invencibilidade de 18 jogos fora de casa na Libertadores, recorde absoluto na história da competição. São 16 jogos como visitante, com mando do adversário, e dois em campo neutro (Maracanã e Centenário), justamente as duas últimas finais, ambas vencidas pelo Alviverde.

Atual bicampeão continental, o Verdão soma 100% de aproveitamento e 12 gols marcados em dois jogos nesta edição: 4 a 0 sobre o Deportivo Táchira-VEN, na Venezuela, e 8 a 1 sobre o Independiente Petrolero-BOL, no Allianz Parque.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos