Palmeiras perde com gol nos acréscimos e fica perto da eliminação no Paulista

·3 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um gol anotado aos 48 minutos do segundo tempo definiu a vitória por 1 a 0 da Inter de Limeira sobre o Palmeiras, na noite de quinta-feira (29). O resultado no Allianz Parque, em São Paulo, deixou o time alviverde muito perto da eliminação na primeira fase do Campeonato Paulista.

Os comandados de Abel Ferreira estão em terceiro lugar no Grupo C, com 12 pontos, seis a menos do que o vice-líder Novorizontino. Apenas os dois primeiros colocados de cada chave avançam às quartas de final, e restam só três rodadas para o término da fase de classificação.

Dando prioridade à Copa Libertadores em um calendário apertado, o Palmeiras atuou várias vezes com reservas na defesa do título estadual. A expectativa era que o forte elenco fizesse o suficiente para avançar ao mata-mata, tarefa que se tornou muito complicada.

Diante da Inter, Abel armou o time com improvisações. O trio de zaga, por exemplo, não tinha nenhum zagueiro. Dois laterais e um volante faziam as vezes de beques em uma formação desentrosada, mas tecnicamente superior ao adversário.

Essas características deram o tom da partida, na qual a Inter de Limeira parecia mais bem organizada. Na hora de concluir os lances, porém, os visitantes não mostravam precisão para superar o goleiro Weverton.

Já os alviverdes, embora mais felizes nos passes, também não viviam uma jornada com a melhor pontaria. Felipe Melo teve boa oportunidade logo no início e falhou. Gustavo Scarpa, livre na área, preferiu um passe desastrado ao chute.

Na etapa final, a Inter começou pressionando e teve grande oportunidade, mas o experiente centroavante Roger, livre na pequena área, cabeceou na trave. Do outro lado, Gabriel Menino e Luiz Adriano finalizaram com liberdade e sem sucesso.

Com a entrada de habituais titulares que estavam no banco, o Palmeiras chegou a pressionar pelo gol da vitória e acabou sendo castigado. Aos 49 minutos, após um chutão da Inter, Esteves se atrapalhou no corte. Bruno Xavier ficou com a bola e superou Weverton.

Campeã paulista de 1986 em cima do próprio Palmeiras, a equipe de Limeira deu um passo importante para avançar às quartas de final. Com os mesmos 12 pontos da formação verde, mas em uma chave mais fraca, está na zona de classificação, em segundo lugar no Grupo A, cinco pontos à frente do terceiro colocado.

PALMEIRAS

Vinícius Silvestre; Mayke, Danilo Barbosa e Matías Viña; Gabriel Menino (Luiz Adriano), Felipe Melo, Zé Rafael (Raphael Veiga), Gustavo Scarpa (Patrick de Paula) e Esteves; Wesley (Giovani) e Willian (Rony). T.: Abel Ferreira

INTER DE LIMEIRA

Jefferson; Matheus Alexandre, Renan Fonseca, Thalisson e Rafael Santos; Deivid, Igor (Thiaguinho) e Rondinelly (Pedro do Rio); Lucas Batatinha (Bruno Xavier), Felipe Saraiva (Welinton) e Roger. T.: Thiago Carpini

Estádio: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Árbitro: Raphael Claus

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Evandro de Melo Lima

VAR: Marcio Henrique de Gois

Cartões amarelos: Zé Rafael e Giovani (PAL); Deivid e Roger (IDL)

Gol: Pedro do Rio (PAL), aos 48'/2ºT