Palmeiras não mostra futebol para tirar dez pontos do Galo na Série A

·1 minuto de leitura
Danilo marcou o gol do Palmeiras e foi o melhor jogador do time. Foto: Ettore Chiereguini/AGIF

O time do Palmeiras jogou pouco e não saiu do empate de 1 a 1 contra o Juventude, pela Série A do Brasileiro. O resultado foi péssimo e deixou o time dez pontos atrás do líder Galo - 39 x 49. Pelo cenário atual, envolvendo as duas equipes, o Palmeiras não dá indícios de que vá tirar essa diferença pelo futebol que o Galo vem jogando. 

Abel Ferreira repetiu apenas quatro titulares da formação que eliminou o Galo, na semifinal da Libertadores. Comentei o jogo e achei um equívoco, porque seis atletas que estiveram em BH, estavam no banco de reservas. Ora, por que não manter o embalo e a confiança, deixando os principais nomes em campo? Abel apostou alto e perdeu. Pelo menos, promoveu a estreia de Jorge, ora como terceiro zagueiro, ora como lateral-esquerdo.

Leia também:

O Palmeiras foi uma equipe desconcentrada no início, quando levou o gol do Juventude, em falha de Weverton. Igualou o placar com Danilo, num erro da defesa caxiense, e assumiu o controle, mesmo com dificuldades ofensivas. 

No segundo tempo, o Juventude teve duas chances para fechar o jogo e desperdiçou. O Palmeiras só ameaçou numa falta cobrada por Scarpa, acertando a trave. No final, o Palmeiras foi afobado e inofensivo, deixando o empate justo no Allianz Parque. 

Agora, não será fácil mobilizar o elenco para o restante dos pontos corridos, com o pensamento voltado para o dia 27 de novembro, na decisão da Libertadores. Até lá, ainda haverá muitas partidas a disputar e o rendimento falará muita coisa. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos