Palmeiras massacra o River Plate na Argentina e abre grande vantagem rumo à final da Libertadores

Rafael Marson
·5 minuto de leitura
Brazil's Palmeiras Rony (L) gestures as Uruguayan teammate Matias Vina (R) celebrates after scoring a header against Argentina's River Plate during their Copa Libertadores semifinal football match at the Libertadores de America stadium in Avellaneda, Buenos Aires Province, Argentina, on January 5, 2021. (Photo by Juan Ignacio RONCORONI / POOL / AFP) (Photo by JUAN IGNACIO RONCORONI/POOL/AFP via Getty Images)
Brazil's Palmeiras Rony (L) gestures as Uruguayan teammate Matias Vina (R) celebrates after scoring a header against Argentina's River Plate during their Copa Libertadores semifinal football match at the Libertadores de America stadium in Avellaneda, Buenos Aires Province, Argentina, on January 5, 2021. (Photo by Juan Ignacio RONCORONI / POOL / AFP) (Photo by JUAN IGNACIO RONCORONI/POOL/AFP via Getty Images)

O Palmeiras saiu da Argentina com um pé na final da Libertadores. Isso porque o Verdão venceu o River Plate por 3 a 0, com gols de Rony, Luiz Adriano e Viña, no jogo de ida da semifinal do torneio. Agora, as equipes fazem o duelo decisivo na próxima terça-feira (12), no Allianz Parque, às 21h30. Os brasileiros podem perder por até dois gols de diferença, que ainda garantem vaga na final.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

O River teve mais volume no primeiro tempo, mas não aproveitou as oportunidades. O Alviverde contou com falha de Armani e expulsão de Carrascal para construir ótima vantagem no confronto.

River começa com tudo

O Palmeiras começou marcando em cima, enquanto o River buscava jogadas em velocidade. Pela esquerda, aos 2 minutos, Nacho Fernández achou Borré. O colombiano venceu Empereur, mas acabou chutando por cima.

Leia também:

Pelo mesmo lado, minutos depois, os Millionarios tiveram ótima chance de abrir o placar. Marcos Rocha perdeu disputa de corpo e a bola ficou para Suárez. Ele aproveitou espaço cedido por Empereur e cruzou para Carrascal. O camisa 8 chutou à queima roupa, e Weverton fez excelente defesa.

Enquanto os mandantes exploravam os lados do campo e controlavam a posse de bola, os visitantes se arrumaram na defesa, mas não conseguiam conectar as jogadas de contra-ataque.

Aos 26, Montiel descolou ótimo cruzamento para Suárez. O camisa 7 mergulhou de carrinho, mas não conseguiu desviar para o gol.

O River criava mais, no entanto, foi o Palmeiras, em sua primeira chance na partida, que abriu o placar.

Rony, o Senhor Libertadores

Patrick de Paula lançou Gabriel Menino pela direita, que cruzou na área. Armani saiu estranho do gol e afastou com o pé. A bola sobrou fora da área para Rony. O camisa 11 ajeitou e bateu. A bola tocou em De La Cruz antes de entrar no gol.

Na sequência, o Verdão chegou a ampliar. Rony lançou Luiz Adriano. O camisa 10 cruzou rasteiro. Scarpa tirou de Armani com estilo e empurrou para as redes. Contudo, o bandeirinha levantou a bandeira, e o VAR confirmou impedimento de Luiz Adriano.

O Alviverde passou a jogar com mais confiança após o gol marcado. Aos 32, Rony ficou com a sobra na beirada da área e chutou de primeira, mas a bola saiu por cima do gol.

No final do primeiro tempo, os argentinos flertaram com o empate. Nacho Fernández cobrou falta da entrada da área e a bola bateu no travessão.

Verdão volta com tudo na segunda etapa

O Palmeiras voltou ligado após o intervalo. Em poucos segundos de bola rolando, Weverton deu lançamento Rony, que aproveitou a lentidão de Pinola, e disparou. Mas o camisa errou o domínio final e chutou fraco.

No lance seguinte, Luiz Adriano ampliou, Empereur desarmou na defesa e tocou para Danilo. O garoto passou para o camisa 10, que girou para cima de Rojas. O atacante saiu na cara de Armani e fez o segundo do Verdão na noite.

Mesmo com a desvantagem, o River quase fez o seu primeiro gol. Em bola alçada na área, De La Cruz desviou, e Carrascal cabeceou na segunda trave. A bola passou muito perto do gol de Weverton.

Palmeiras aproveita expulsão e faz o terceiro

O time da casa buscava o empate, mas não pressionava como no primeiro tempo. E se a missão era difícil, aos 16 do segundo tempo, ficou ainda pior.

Carrascal fez falta dura e ainda tentou chutar Gabriel Menino. O árbitro Leodán González mostrou o cartão vermelho para o atleta do time da casa.

Não demorou dois minutos para o Palmeiras, superior na partida, chegar ao terceiro gol. Scarpa cobrou falta pela direita. Viña subiu sozinho e ampliou para o Verdão na Argentina.

Com vantagem numérica e o placar favorável, o Verdão dominou o jogo e passou a controlar o ritmo da partida, dando poucos espaços para o River infiltrar.

Aos 39, Breno Lopes puxou contra-ataque e tocou para Menino na direita. O camisa 25 do Palmeiras bateu forte, cruzado, mas Armani fez uma grande defesa e espalmou para escanteio.

Nos minutos finais, os brasileiros diminuíram o ritmo, e os argentinos tentavam, mas saíram sem balançar as redes de Weverton.

FICHA TÉCNICA
RIVER PLATE 0 X 3 PALMEIRAS

Data: 05 de Janeiro de 2021
Horário: 21h30 (de Brasília)
Local: Estádio Avellaneda, em Buenos Aires-ARG
Árbitro: Leodán González (URU)
Assistentes: Nicolás Tarán (URU) e Carlos Barrero (URU)
VAR: Julio Bascuñán (CHI)

GOLS - Palmeiras - Rony (26'/1ºT), Luiz Adriano (1'/2ºT) e Viña (16'/2ºT)

CARTÕES AMARELOS - River Plate - Ponzio (32'/2ºT), De La Cruz (49'/2ºT) Palmeiras - Gustavo Gómez (29'/1ºT), Patrick de Paula (42'/1ºT), Danilo (3'/2ºT)

CARTÃO VERMELHO - River Plate - Carrascal (14'/2ºT)

RIVER PLATE
Armani; Montiel, Rojas, Pinola e Casco (Girotti 28'/2ºT); Enzo Pérez (Díaz 41'/2ºT), De La Cruz e Nacho Fernández (Julián Álvarez 36'/2ºT); Carrascal, Suárez (Ponzio 28'/2ºT) e Borré. Técnico: Marcelo Gallardo.

PALMEIRAS
Weverton, Marcos Rocha, Alan Empereur, Gustavo Gómez e Viña; Danilo (Zé Rafael 21'/2ºT), Patrick de Paula (Emerson Santos 32'/2ºT) e Gabriel Menino; Gustavo Scarpa (Raphael Veiga 25'/2ºT), Rony (Breno Lopes 24'/2ºT) e Luiz Adriano (Willian 32'/2ºT). Técnico: Abel Ferreira

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos