Palmeiras leva virada e perde chance de encurtar distância para o líder

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
BELO HORIZONTE, MG, 06.10.2021 – AMÉRICA-MG-PALMEIRAS: Patric, do América-MG, comemora seu gol - Partida entre América-MG e Palmeiras, válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A 2021, realizada no estádio Independência, em Belo Horizonte, na noite desta quarta-feira. (Foto: Frederico Andrade/Photo Press/Folhapress)
BELO HORIZONTE, MG, 06.10.2021 – AMÉRICA-MG-PALMEIRAS: Patric, do América-MG, comemora seu gol - Partida entre América-MG e Palmeiras, válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A 2021, realizada no estádio Independência, em Belo Horizonte, na noite desta quarta-feira. (Foto: Frederico Andrade/Photo Press/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Numa noite em que os rivais direto na briga pelas primeiras posições do Campeonato Brasileiro vacilaram, o Palmeiras perdeu de virada para o América-MG nesta quarta-feira (6), por 2 a 1, e desperdiçou a chance de reduzir a diferença para o Atlético-MG.

Pouco antes de a bolar rolar na Arena Independência, o líder do Nacional havia empatado com o lanterna do torneio, a Chapecoense, por 2 a 2, fora de casa. Na sequência, foi a vez de o Flamengo também ceder um empate ao Red Bull Bragantino, 1 a 1, em Bragança.

Com os resultados desta noite, a equipe atleticana tem agora 11 pontos de vantagem para o segundo colocado, que passou a ser o Flamengo (50 a 39). O time rubro-negro ainda tem dois jogos a menos em relação aos adversários. A equipe de Abel Ferreira, por sua vez, caiu para terceiro, com os mesmos 39 pontos, porém os cariocas têm vantagem no saldo de gols (20 a 7).

Foi o terceiro jogo seguido sem vitória do Palmeiras na competição e mais uma vez com a defesa sendo vazada, setor que tem sido bastante criticado, até mesmo pelo treinador português. Antes do duelo com o América, o time havia empatado com o Juventude (1 a 1) e perdido para o Corinthians (2 a 1). A última vez que saiu de campo com a vitória foi diante da Chapecoense (2 a 0).

Mesmo com vários desfalques no setor defensivo, a equipe paulista adotou uma postura recuada e tentou explorar os contra-ataques. A tática deu certo até os 27 minutos da etapa final, quando Patric marcou o gol de empate dos donos da casa.

Nos últimos oito jogos pelo Brasileiro, apenas em um (vitória por 2 a 0 sobre a Chapecoense) o Palmeiras não sofreu gols. Nesta quarta, o setor defensivo ainda atuou desfalcado, com jogadores convocados para as seleções --Weverton (Brasil), Piquerez (Uruguai) e Gustavo Gómez (Paraguai)-- e outros machucados, como Marcos Rocha e Mayke.

No primeiro tempo, Rony havia aberto o marcador, aos 29 minutos. Já depois do intervalo, ainda teve um gol de Dudu anulado por impedimento. Aos 15, o América ainda desperdiçou um pênalti, quando Felipe Azevedo acertou o travessão.

Depois que os mineiros igualaram, aos 27, ganharam confiança e tiveram ao menos duas chances de virar o jogo, o que seria um prejuízo ainda maior para os palmeirenses. E o castigo veio aos 47, quando Ademir marcou em novo pênalti o gol da vitória do América.

AMÉRICA-MG

Matheus Cavichioli; Patric, Ricardo Silva, Eduardo Bauermann e Marlon (Alan Rischel); Lucas Kal (Rodolfo), Alê, Juninho e Ademir; Zárate (Felipe Azevedo) e Fabrício (Ribamar). T.: Vagner Mancini

PALMEIRAS

Jaílson; Renan, Luan e Kuscevic; Gabriel Menino, Felipe Melo, Patrick de Paula (Danilo Barbosa), Raphael Veiga (Scarpa) e Jorge (Wesley); Dudu (Gabriel Veron) e Rony (Deyverson). T.: Abel Ferreira

Estádio: Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Auxiliares: Jorge Eduardo Bernardi e José Eduardo Calza (RS)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Cartões amarelos: Bauermann (AME); Gabriel Menino e Jorge (PAL)

Gol: Rony (PAL), aos 29'/1ºT (PAL); Patric (AME), aos 27', e Ademir (AME), aos 47'/2ºT

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos