Palmeiras leva pena pesada do STJD por confusão com a torcida do Sport

Thiago Ferri
Jogo na Arena Pernambuco rendeu uma pena pesada ao Palmeiras (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

O Palmeiras foi punido nesta sexta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com sete jogos como visitante sem torcida, e outros sete no Allianz Parque em que a Mancha Alviverde não poderá usar seus adereços. A pesada decisão veio pelo confronto entre torcedores do Verdão e do Sport na saída da Arena Pernambuco, após o jogo do dia 23 de julho.

A decisão é considerada insustentável pelo departamento jurídico palmeirense, que pedirá efeito suspensivo e recorrerá ao pleno do STJD. Há a confiança de que poderá ser revertido o resultado, tomando como base o fato de o confronto ter acontecido fora do estádio, além do controle dos clubes. Há outros casos como este em que o STJD decidiu que as equipes não poderiam ser responsabilizadas.

O confronto entre membros da Mancha e da Torcida Jovem, do Sport, gerou mais de 50 presos em Recife (PE), a maioria deles palmeirenses. Eles foram depois liberados pela polícia da região.

Como comparação, ano passado o Verdão também foi punido por uma briga de seus torcedores, com flamenguistas, em Brasília (DF). O problema aconteceu dentro do estádio, foi registrado por câmeras, chegou a afetar jogadores pelo uso de gás de pimenta e a pena foi: cinco jogos sem torcida visitante, cinco jogos com o Gol Norte fechado e dez partidas sem adereços de organizada.

A partida em que houve o problema desta vez era da 16ª rodada do Campeonato Brasileiro e acabou com a vitória do Palmeiras por 2 a 0.







E MAIS: