Palmeiras, Flamengo e mais 23: quem já está garantido na Libertadores 2022

·3 min de leitura

A Copa Libertadores de 2021 mal chegou ao fim, mas a edição de 2022 já está na mira de clubes tradicionais espalhados pelo continente. Tanto que 25 equipes já garantiram matematicamente a vaga para tentar o título na próxima temporada. O Brasil terá direito a nove postos — o recorde na história da competição — e vive briga intensa pelos lugares restantes.

Quatro brasileiros estão garantidos para tentar o quarto título seguido para o país: Palmeiras, Flamengo, Atlético-MG e o Athletico — este último por ter sido campeão da Copa Sul-Americana. O Brasil ainda tem mais cinco vagas a serem distribuídas, preenchidas todas via Brasileirão, uma vez que Galo e Furacão, que decidem a Copa do Brasil, já estão classificados.

Neste momento, os clubes que estariam garantindo os postos via Série A são Corinthians, Fortaleza, Bragantino, Fluminense e Ceará. A última rodada do Brasileiro está marcada para 9 de dezembro, enquanto as finais da Copa do Brasil serão em 12 e 15 do mesmo mês.

Já no segundo país com mais direito a vagas para a Libertadores, a Argentina e dois nomes estão garantidos na próxima edição. Primeiramente, o Colón, que fez história ao conquistar o título nacional pela primeira vez em 116 anos — a Copa da Liga Argentina. Na ocasião, venceu o Racing por 3 a 0, no mês de junho.

Como na Argentina há dois torneios locais por ano, o segundo foi conquistado pelo River Plate, outro que já está garantido. A equipe de Marcelo Gallardo foi campeã da Liga Argentina com três rodadas de antecedência e seguirá na luta pelo pentacampeonato. O River foi o último campeão antes dos três títulos seguidos do Brasil e chegam como principais rivais pela taça.

Outro que está matematicamente classificado é o Vélez Sarsfield, devido à boa campanha somada nos dois torneios. Porém, como ainda há rodadas a serem disputadas, falta definir em qual colocação ele ficará.

A Argentina ainda tem mais três lugares a serem definidos e corre o risco de não ter o Boca Juniors entre eles — neste momento, os Xeneizes não estão na zona de classificação.

Na Bolívia, o The Strongest vive situação parecida com a do Vélez: já está classificado pela boa campanha, mas ainda não está definido se irá como campeão, vice ou classificado através das Copas. A Bolívia ainda tem mais três vagas.

No Chile, a situação está bem encaminhada. O Colo-Colo, que conquistou a Copa do Chile, e o Everton, que foi o vice-campeão, já estão garantidos. Pela boa campanha no torneio nacional, a Universidad Católica também tem vaga. Falta um representante do país.

Na Colômbia, a metade dos representantes já se definiu: o Deportes Tolima, que foi campeão do Torneio Abertura, e o Atlético Nacional, que conquistou a Copa da Colômbia.

O Equador terá o Emelec, campeão da primeira etapa da Serie A equatoriana, e o Independiente del Valle, que já está garantido pela boa campanha e falta definir em qual vaga ficará.

No Paraguai, três nomes de peso: o Libertad, campeão do Abertura, o Cerro Porteño e o Guaraní, a definir em qual vaga irão ficar.

No Peru, todos estão definidos: Sporting Cristal e Alianza Lima, os finalistas da Liga Peruana, o Universitario, terceiro colocado, e o Universidad Cesar Vallejo, quarto colocado.

O Uruguai terá a tradição do Peñarol e Nacional e Plaza Colonia, menos conhecido no continente. Situação distinta vive a Venezuela, que ainda não tem classificou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos