Palmeiras fez seu melhor jogo de 2021 no atropelo sobre o São Paulo

·2 minuto de leitura
Dudu foi o principal destaque na classificação do Palmeiras. Foto: Ettore Chiereguini/AGIF
Dudu foi o principal destaque na classificação do Palmeiras. Foto: Ettore Chiereguini/AGIF

O Palmeiras está na semifinal da Libertadores da América pela terceira vez, nos últimos quatro anos. A vitória de 3 a 0 sobre o São Paulo foi a melhor atuação do time em 2021, na opinião do blog. O Palmeiras foi intenso, competitivo e eficiente, aproveitando as oportunidades e travando as melhores alternativas são-paulinas. 

O primeiro gol saiu cedo com a bola roubada de Arboleda e a melhor jogada de Zé Rafael, desde que chegou ao Palmeiras. O meia deu o passe para Veiga bater no contrapé de Volpi. A vantagem no placar deu tranquilidade ao Palmeiras, contrastando com os erros do adversário, bem marcado e pobre na criação de jogadas. O primeiro tempo poderia ter terminado 2 a 0, se Rony não perdesse uma chance incrível. 

Na segunda etapa, Crespo voltou com Rojas no lugar de Luan. O SP foi para cima e teve bons 15 minutos, desperdiçando a bola do jogo para o tricolor, com Pablo chutando para fora, na cara de Weverton. Foi o único lance trabalhado pelo SP, com Rigoni escapando da marcação dura de Renan. O erro de Pablo ficou imperdoável e abateu a equipe, aberta e com espaços generosos ao Palmeiras. O Verdão aproveitou e fez 2 a 0, com golaço de Dudu. O domínio continuou e Patrick de Paula fechou a conta com o 3 a 0, se tornando um grande personagem, com dois gols no mata-mata. O confronto só não terminou em goleada porque o Palmeiras tirou o pé, mesmo com um homem a mais, depois da expulsão lamentável de Vítor Bueno por agressão a Gómez. 

Dudu e Veiga foram os principais destaques. Danilo, Patrick de Paula e Marcos Rocha foram muito bem. 

O Palmeiras mostrou novamente que tem um elenco forte e experiente para encarar disputas maiores. O desempenho do grupo foi um recado claro a Galo e River Plate, que definirão o outro semifinalista. O Palmeiras tem condições de ser bicampeão da América.

Ao SP, resta a Copa do Brasil e o mau momento de Crespo, com escolhas ruins e justificativas piores. Benítez foi para o jogo, sem possibilidades de aproveitamento, para assustar o Palmeiras? Essa foi a tônica da entrevista pós-derrota no abalado ambiente são-paulino. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos