Palmeiras faz consulta por Matheus Babi e rejeita leilão por Ademir

Alexandre Praetzel
·1 minuto de leitura
Matheus Babi comemora um gol contra o Resende, pelo Campeonato Carioca. Foto: Thiago Ribeiro/AGIF
Matheus Babi comemora um gol contra o Resende, pelo Campeonato Carioca. Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

O Palmeiras fez uma sondagem sobre Matheus Babi, hoje centroavante do Botafogo. O blog confirmou a conversa com um dos representantes do jogador. "Houve apenas uma consulta, sem proposta oficial até o momento", afirmou esse representante.

Babi está emprestado ao Botafogo até 31 de dezembro. O clube tem 40% do atleta, como taxa de "vitrine", enquanto o Serra Macaense possui 60%. A multa rescisória é de três milhões de euros. A negociação é considerada complicada pela exigência do Botafogo em receber alguma quantia, sem jogadores envolvidos. Babi já disputou 42 jogos e marcou 12 gols pelo Botafogo. Está com 23 anos.

Leia também:

Babi se enquadra em perfis mais baratos de reforços, com qualidades para compor elenco, como Breno Lopes. O mesmo vale para o meia-atacante Ademir.

O Palmeiras enviou uma proposta oficial ao América-MG, mas ainda não obteve resposta. Em contato com o blog, o presidente do Coelho, Alencar da Silveira, revelou o interesse de um outro clube da Série A e um da Série B em Ademir. A diretoria palmeirense não gostou da demora nas conversas e não admite entrar em leilão por Ademir.

Recentemente, o Palmeiras tentou transações mais expressivas no mercado internacional, buscando o atacante colombiano Borré e o volante Atuesta. No entanto, os valores saíram do orçamento palmeirense, ajustado e diminuído com a pandemia e o risco da paralisação do futebol.

Nesta semana, o Verdão anunciou o volante Danilo Barbosa, do Nice, até o final de 2021.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola