Palmeiras envia Mattos à Europa para vender Vitão; Barcelona é favorito

Yahoo Esportes
<em>Zagueiro Vitão foi capitão da seleção brasileira no Sul-Americano e no Mundial sub-20 (Getty Images)</em>
Zagueiro Vitão foi capitão da seleção brasileira no Sul-Americano e no Mundial sub-20 (Getty Images)

Diretor-executivo de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos desembarcou neste fim de semana na Espanha, ao lado do empresário André Cury. O motivo da viagem: acertar os detalhes da venda do zagueiro Vitão para o Barcelona. O Verdão pede € 8 milhões (R$ 33,7 milhões) para abrir mão do garoto, de 19 anos de idade, que foi capitão da seleção brasileira sub-20 no Sul-Americano da categoria.

Os dirigentes do Barcelona têm pressa para fazer o negócio, porque Bayer Leverkusen, Lille e Watford também desejam contar com Vitor Eduardo da Silva Matos, nome de batismo do zagueiro, que chegou para a base alviverde em 2015.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia mais:

 Os técnicos mais bem pagos do futebol brasileiro
Levir Culpi receberá mais de R$ 2 milhões do Santos, decide TRT-2– Aliado de Leila Pereira concorre no Palmeiras à reeleição a presidente do conselho

O Palmeiras é dono de 70% dos direitos econômicos de Vitão, enquanto o PSTC possui os outros 30%. A intenção de Mattos é voltar ao Brasil com a negociação concluída. Está descartada qualquer possibilidade de empréstimo. Como ele teria poucas chances no elenco principal, por causa da concorrência, o Verdão decidiu vendê-lo.

O Barcelona monitora Vitão há pelo menos dez meses, de acordo com apuração da base. Os catalães demonstraram interesse em comprá-lo para utilizá-lo, inicialmente, no time sub-20 ou até no Barcelona B, de olho na possibilidade de anos depois aproveitá-lo na equipe principal.


Leia também