Palmeiras entra em campo buscando ainda mais história pela Libertadores

Danilo foi o autor do gol da vitória do Palmeiras sobre o Emelec na última semana (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)


O torcedor do Palmeiras tem visto a história passar pela sua frente constantemente nos últimos anos. Nesta terça-feira, no Allianz Parque, o palmeirense pode ter mais uma oportunidade de presenciar mais marcos históricos. Contra o Deportivo Táchira-VEN, a partir das 21h30, o Verdão pode garantir a melhor campanha e o melhor ataque da história da fase de grupos da Libertadores.


GALERIA
> Relembre a invencibilidade fora de casa do Palmeiras na Liberta

TABELA
> Veja classificação e simulador da Libertadores-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Nem o mais otimista torcedor do Alviverde, que assistiu ao time que disputou a Libertadores de 2013, sendo eliminado no Pacaembu, pelo Tijuana-MEX, imaginaria que o clube pudesse chegar em 2022 como o principal brasileiro de todos os tempos no torneio continental. Além dos três títulos, números estão sendo escritos aos montes e reafirmam mais ainda esse protagonismo palestrino.

Até aqui, o Palmeiras já é o clube com a maior sequência invicta como visitante na história da competição. São 18 jogos sem perder e mais dois sem derrota se somarmos as finais de 2020 e 2021 em campo neutro.(Maracanã e Centenário de Montevidéu, respectivamente).

Desde a derrota para o Grêmio, nas quartas de final da Liberta de 2019, o Verdão perdeu apenas duas vezes: para o River Plate, na partida de volta da semifinal de 2020, e para o Defensa y Justicia, na fase de grupos da edição de 2021. Foram 31 jogos nesse período, com 24 vitórias e cinco empates, além das duas derrotas já citadas.

Tudo isso ajudou a transformar o Alviverde no clube brasileiro com o melhores números do torneio: mais participações (22), mais finais (6), mais jogos (215), mais gols marcados (413), mais gols marcados em casa (238), mais gols como visitante (168), mais vitórias (122), mais vitórias em casa (73) e mais vitórias fora de casa (47). Mas esse domínio pode ser maior no aspecto geral depois desta noite.

Isso porque, com uma vitória simples sobre o Táchira, no Allianz Parque, o Palmeiras estabelecerá dois recordes de uma vez só: o de melhor campanha e o de melhor ataque da história da fase de grupos da Libertadores. Superando brasileiros e estrangeiros.

Até aqui, a melhor campanha é do Boca Juniors-ARG (2015), que teve 100% de aproveitamento (18 pontos), mas com saldo de 17 gols. O Verdão já tem saldo 19. Com uma vitória por 1 a 0, o saldo pularia para 20, e o número de gols para 22, garantindo o recorde isolado, deixando o River Plate-ARG de 2020 para trás com 21 tentos.

Além desses recordes gerais da competição, o Verdão pode ampliar um do próprio clube, que é a sequência de invencibilidade. Até aqui, são 13 partidas seguidas sem perder na Libertadores, podendo aumentar para 14 nesta terça-feira. O Atlético-MG detém o atual recorde do torneio nesse quesito com 18 jogos sem perder.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos