Palmeiras encerra jejum de vitórias no Brasileiro com volta de convocados para seleção

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
SP - Sao Paulo - 17/10/2021 - BRASILEIRO A 2021, PALMEIRAS X INTERNACIONAL - Marcos Rocha jogador do Palmeiras durante partida contra o Internacional no estadio Arena Allianz Parque pelo campeonato Brasileiro A 2021. (Foto: Ettore Chiereguini/AGIF)
SP - Sao Paulo - 17/10/2021 - BRASILEIRO A 2021, PALMEIRAS X INTERNACIONAL - Marcos Rocha jogador do Palmeiras durante partida contra o Internacional no estadio Arena Allianz Parque pelo campeonato Brasileiro A 2021. (Foto: Ettore Chiereguini/AGIF)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Palmeiras terminou o primeiro turno do Campeonato Brasileiro candidato ao título e a quatro pontos do líder Atlético-MG. Menos de dois meses depois, a equipe alviverde chegou a amargar a sequência incômoda de cinco partidas sem vitória no Nacional e corria o risco de terminar a 27ª rodada fora da zona de classificação para a Libertadores.

Neste domingo (17), o clube paulista contou com a volta de jogadores que serviram suas seleções nas Eliminatórias para a Copa do Mundo para vencer o Internacional por 1 a 0, no Allianz Parque, em São Paulo, e espantar a má fase.

Com o resultado, o Palmeiras se recupera no campeonato e permanece no bloco de cima da tabela. A equipe, que já foi líder do Brasileiro, chegou a 43 pontos e está 13 atrás do Atlético-MG, que ainda joga neste domingo.

Contra o Inter, o time de Abel Ferreira teve a volta no setor defensivo do goleiro Weverton, o zagueiro Gustavo Gómez e o lateral esquerdo Piquerez. Eles defenderam, respectivamente, as seleções de Brasil, Paraguai e Uruguai nas Eliminatórias para a Copa e foram ausências nas últimas partidas.

Além dos selecionáveis, Zé Rafael, no meio, e Marcos Rocha, na lateral direita, se recuperaram de lesão e também voltaram à equipe titular.

Modificado, o Palmeiras voltou a jogar bem. Apesar de sofrer com contra-ataques, a equipe alviverde dominou a partida desde o início, conseguiu encontrar espaços no sistema defensivo do Inter, criou chances de gol e empolgou os mais de 10 mil torcedores presentes nas arquibancadas do Allianz.

Logo no início do jogo, reforços palmeirenses mostraram serviço com Marcos Rocha, que acertou a trave, e Piquerez, que desperdiçou boa chance após bate-rebate dentro da área. Com atuação sólida, eles deram fluidez à transição de bola da equipe alviverde, que foi mais criativa

O gol do jogo, porém, só aconteceu na bola parada. Raphael Veiga converteu pênalti no início do segundo tempo após Cuesta tocar a mão na bola. No lance, Edenilson foi expulso. Ele também voltou à equipe gaúcha após defender a seleção.

Com um a mais, o Palmeiras administrou o resultado. A vitória neste domingo era considerada fundamental para o Palmeiras. Se perder, o time seria ultrapassado pelo Inter e podia terminar a rodada na sétima posição do Brasileiro.

Os times entraram em campo em situações bastante diferentes. O Palmeiras tinha o peso da pior campanha do returno do Brasileiro --antes do Inter, o time venceu apenas uma vez, contra a lanterna Chapecoense, empates duas (Juventude e Bahia) e perdeu quatro (Flamengo, Corinthians, América-MG e Red Bull Bragantino).

O Inter, por sua vez, tinha trajetória oposta: depois de começar mal o Brasileiro, teve melhores resultados. Em seus últimos oito jogos, venceu cinco, empatou um e perdeu para o líder Atlético-MG, além do Palmeiras.

O Palmeiras volta a campo na quarta-feira (20), contra o Ceará, fora de casa. Um dia depois, o Inter enfrenta o Red Bull Bragantino, na quinta (21), em Porto Alegre. Ambas as partidas são atrasadas da 19ª rodada do Brasileiro.

PALMEIRAS

Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez, Piquerez; Felipe Melo (Danilo Barbosa), Zé Rafael (Patrick de Paula), Raphael Veiga (Deyverson); Rony, Dudu (Gustavo Scarpa) e Luiz Adriano (Breno Lopes). Técnico: Abel Ferreira.

INTERNACIONAL

Marcelo Lomba; Saravia (Heitor), Gabriel Mercado, Cuesta, Moisés; Rodrigo Dourado, Johnny (Zé Gabriel), Edenilson, Taison (Maurício), Patrick (Palacios); Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 1 X 0 INTERNACIONAL

Motivo: 27ª rodada do Brasileirão

Data e hora: 17 de outubro, às 16h (de Brasília)

Local: Allianz Parque (SP)

Público: 11.111 pagantes

Renda: R$ 635.538,98

Cartões amarelos: Felipe Melo, Gustavo Scarpa e Rony, pelo Palmeiras; Heitor, Mercado, Victor Cuesta e Patrick, pelo Inter

Cartões vermelhos: Edenilson, pelo Inter.

Gol: Raphael Veiga (7'/2ºT), para o Palmeiras.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos