Palmeiras encara Wilstermann para garantir classificação e liderança

O Palmeiras entra em campo nesta quarta-feira, contra o Jorge Wilstermann-BOL, para se firmar como líder do Grupo 5 da Copa Libertadores e uma das melhores campanhas gerais do torneio. O jogo às 21h45 (de Brasília), no Estádio Félix Caprilles também será de fundamental importância para os mandantes.

O Verdão soma dez pontos e lidera sua chave na Libertadores, quatro pontos acima de seu rival boliviano. Apenas Godoy Cruz e Grêmio, nos grupos 6 e 8, respectivamente, somam a mesma pontuação. Um empate, porém, já garante a primeira colocação do grupo ao Palmeiras. Os alviverdes, entretanto, não esperam jogo fácil em Cochabamba e querem a vitória.

“Sabemos que na nossa Arena eles já dificultaram bastante o jogo. Aqui será diferente. Viemos para jogar futebol e buscar a vitória. Respeitamos muito a equipe deles, que tem qualidade, mas viemos para buscar os três pontos”, afirmou o volante Thiago Santos, que será titular nesta quarta-feira.

O camisa 21 entrará na vaga de Felipe Melo, suspenso preventivamente por três jogos pela batalha de Montevidéu. O jogo contra o Jorge Wilstermann será, inclusive, o primeiro após a confusão no Uruguai.

“Aquilo ficou para trás, não pensamos mais no Peñarol. Temos de focar para frente. A briga já deixamos para trás. É pensar no jogo dessa quarta, que é o mais importante para nós”, completou Thiago Santos. Além do meio-campo, o Verdão terá alterações na lateral esquerda e no comando de ataque.

Na ala, Zé Roberto não viajou para a Bolívia por conta de uma tendinite no pé, e Michel Bastos deverá ser o titular na posição. O camisa 15 treinou na vaga do veterano na última segunda-feira, mas ainda briga pela titularidade com Egídio. Já no ataque, Miguel Borja deverá ir para o banco de reservas, com Willian atuando como centroavante.

Cochabamba está a uma altitude de 2.574 metros, número bastante inferior a La Paz, que fica a 3.660 metros de altitude, mas bem acima de São Paulo (760 metros). o Verdão chegou à Bolívia na terça-feira, e fez treinamentos específicos na cidade para prevenir as jogadas de bola aérea.

A partida desta quarta-feira também será de fundamental importância para o Jorge Wilstermann. O clube boliviano soma seis pontos e caiu para a terceira colocação após o duelo entre Atlético Tucumán e Peñarol, nesta terça-feira, em que os argentinos venceram por 2 a 1, e foram a sete pontos. Já os uruguaios somam apenas três pontos e estão eliminados.

“É possível atacar e conseguir um bom resultado, tudo passará pelo rendimento do grupo. Precisamos estar atentos nos 90 minutos para que o Palmeiras não se aproveite de nossos erros e faça gols em nossa casa”, disse o técnico Roberto Mosquera.

O único desfalque do time boliviano será Franco Olego, que cumprirá seu terceiro jogo de suspensão pela expulsão na partida de ida entre Palmeiras e Jorge Wilstermann, em São Paulo. Marcelo Bergese e Edward Zenteno não treinaram durante a semana, mas devem ter condições de jogo.

FICHA TÉCNICA

JORGE WILSTERMANN X PALMEIRAS

Local: Estádio Félix Capriles, em Cochabamba, Bolívia

Data: quarta-feira, 3 de maio de 2017

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Wilson Lamourdux (COL)

Assistentes: Wilmar Navarro (COL) e John Alexander Leon (COL)

JORGE WILATERMANN: Olivares; Ortiz, Alex Silva, Zenteno e Aponte; Machado e Saucedo; Bergese, Chávez e Cardozo; Ríos

Técnico: Mosquera

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean, Yerry Mina, Vitor Hugo e Michel Bastos (Egídio); Thiago Santos e Tchê Tchê; Róger Guedes (Miguel Borja), Guerra e Dudu; Willian

Técnico: Eduardo Baptista