Palmeiras encara clássicos seguidos para apagar pior início no Campeonato Brasileiro desde 2014

·3 min de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 13.03.2022 - O técnico Abel Ferreira, do Palmeiras. (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 13.03.2022 - O técnico Abel Ferreira, do Palmeiras. (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Palmeiras terá dois clássicos consecutivos para apagar o início ruim no Campeonato Brasileiro. Depois de perder para o Ceará no Allianz Parque e empatar com o Goiás na Serrinha, o clube alviverde enfrentará, pela Série A, o Flamengo nesta quarta-feira (20), a partir das 19h30, no Maracanã, em disputa adiantada pela quarta rodada, e o Corinthians no sábado (23), às 19h, na Arena Barueri -o Allianz Parque receberá show "Amigos" nos dias 23 e 24 de abril, o que obrigou o Palmeiras a mudar o local do jogo.

Até aqui, o Palmeiras tem tido seu pior começo no Brasileiro desde 2014, quando voltou à Série A. O clube alviverde paulista terminou a segunda rodada na 15ª colocação, com um ponto, e é o único clube paulista ainda sem vencer na competição. É a primeira vez, desde 2014, que o Palmeiras fica com menos de dois pontos nas duas primeiras rodadas.

Nas entrevistas coletivas depois dos dois primeiros compromissos no Campeonato Brasileiro, o técnico Abel Ferreira valorizou seu elenco e justificou os tropeços de formas diferentes. Entre uma partida e outra do Brasileiro, o Palmeiras venceu o Independiente Petrolero (BOL) por 8 a 1 pela Libertadores da América.

Contra o Ceará, na derrota por 3 a 2, o português alegou "cansaço físico e mental" dos titulares diante do calendário apertado. Contra o Goiás, Abel lamentou a ineficiência ofensiva. O Palmeiras finalizou 22 vezes, esbarrou no goleiro Tadeu e só empatou em 1 a 1 no último minuto. Outro ponto levantado pelo técnico foi uma suposta falta em Weverton no gol do Esmeraldino.

Como de costume, Abel Ferreira analisará o desgaste físico dos atletas e o Palmeiras dificilmente terá os mesmos atletas na quarta e no sábado. Até porque, depois do clássico contra o Corinthians, o clube alviverde terá uma verdadeira maratona.

O Palmeiras jogará contra: Emelec, no Equador, no dia 27; Juazeirense, em Juazeiro, em 30 de abril; e Independiente Petrolero, em 3 de maio. Serão três duelos fora de casa e com viagens desgastantes pela Libertadores (Emelec e Petrolero) e Copa do Brasil (Juazeirense).

Para a partida desta quarta-feira, o técnico Abel Ferreira deve ter somente o zagueiro Luan, que ainda se recupera de lesão na coxa, como ausência confirmada. Uma provável escalação do Palmeiras é: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Danilo, Zé Rafael, Raphael Veiga e Gustavo Scarpa (Rafael Navarro); Dudu e Rony.

Já no Flamengo, a lista de desfalques é grande: Bruno Henrique, Matheuzinho, Vitinho, Ayrton Lucas, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique, Fabricio Bruno e Matheus França estão afastados por razões médicas. Em compensação o time pode ver a estreia do zagueiro Pablo, que já vem participando de atividades em grupo e deve estar entre os relacionados. Uma provável escalação do carioca tem: Santos (Hugo); Willian Arão, David Luiz e Filipe Luís; Isla (Rodinei), João Gomes, Thiago Maia (Andreas Pereira) e Lázaro; Everton Ribeiro, Arrascaeta e Gabigol.

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Horário: Às 19h30 (de Brasília) desta quarta-feira (20)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO)

VAR: Rafael Traci (SC)

Transmissão: Premiere

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos