Palmeiras e São Paulo parabenizam ‘cinquentão’ Cafu


No dia 7 de junho de 1970, nascia Marcos Evangelista de Morais na cidade de Itaquaquecetuba, São Paulo. Anos depois, ele se tornaria o conhecido e aclamado Cafu, um dos maiores laterais-direitos da história do futebol brasileiro e mundial. Neste domingo, ele completa 50 anos de idade e foi parabenizado por clubes onde passou, entre eles São Paulo e Palmeiras.

O Tricolor paulista foi a primeira casa de Cafu, onde começou na base e depois subiu ao profissional, em 1990. Lá, venceu dois Paulistas (1991 e 1992), um Brasileiro (1991), duas Libertadores (1992 e 1993), dois Mundiais (1992 e 1993), duas Recopas (1993 e 1994) e uma Supercopa da Libertadores (1993). No total, foram 273 jogos e 38 gols marcados, lembrando que ele começou a carreira atuando como ponta-direita.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Depois, Cafu foi para o Real Zaragoza, onde venceu a Recopa Europeia. Retornou ao Brasil e jogou pelo Palmeiras, com a conquista do Paulista de 1996. No ano seguinte, transferiu-se para a Itália, mais precisamente na Roma, clube com o qual conquistou um Italiano (2001) e uma Supercopa (2001).

Em 2003, Cafu foi transferido para o Milan, onde se destacou desde o início. Conquistou uma Champions League (2006-07), um Italiano (2003-04), Mundial, Supercopas Europeia e da Itália. Não se deve esquecer, também, sua enorme contribuição na Seleção Brasileira. Foi campeão do mundo em 1994 e 2002, quando foi capitão do time, além de uma Copa das Confederações e duas Copas Américas.


Leia também