Palmeiras e Globo fecham acordo para transmissões dos jogos pelo Brasileirão na TV fechada

·1 min de leitura


O Palmeiras está de contrato novo com o Grupo Globo. Após assinar com a TNT Sports para os jogos do Brasileirão nas últimas temporadas, o clube paulista está de volta à TV fechada (SporTV) do grupo. O novo acordo entre a emissora e o clube atual bicampeão da Libertadores da América tem validade até 2024 e começa a valer já no próximo Campeonato Brasileiro.

+ Paulistão com data definda! Saiba os primeiros jogos do Palmeiras em 2022

Segundo o portal Marketing Esportivo, o Palmeiras receberá cerca de R$ 50 milhões por cada ano do triênio (somando um total de R$ 150 milhões em direitos de exibição dos 114 jogos). O valor é praticamente o dobro que o clube recebia com a Turner (R$ 27 milhões por ano). A dona da TNT Sports comunicou alguns clubes em 2021 que não seguiria com a transmissão do Brasileiro em 2022.

Internacional, Bahia, Ceará, Coritiba, Fortaleza, Juventude e Santos foram outros clubes que realizaram a mudança de emissora há dois anos. Por insatisfação quanto ao valor pago pelos direitos de exibição das partidas do Brasileirão, os clubes decidiram deixar a Globo em 2019. Na época, a decisão ficou marcada por ser a primeira emissora em anos, na TV fechada, que rivalizava com o grupo carioca.

No entanto, a TNT anunciou em 2021 que não poderia mais arcar com os valores. A conclusão: em outubro deste ano, os clubes voltaram a assinar com a Globo. Apenas o Athletico Paranaense preferiu não voltar ao canal.


O clube mantinham acordo com a TV aberta e o pay-per-view. Vale lembrar que a assinatura cabe apenas aos jogos pelo campeonato nacional em pontos corridos. A Libertadores da América, por exemplo, segue no SBT.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos