Palmeiras e Atuesta: o que o Verdão ainda precisa fazer se quiser contratar atleta que atua na MLS

Fabio Utz
·2 minuto de leitura

O Palmeiras procurou o Los Angeles FC na tentativa de contratar o meio-campista colombiano Eduard Atuesta. No entanto, o clube norte-americano, segundo apuração do Uol Esporte, aguarda desde o final de fevereiro por uma contraproposta da direção alviverde.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em um primeiro momento, o Verdão ofereceu US$ 2,5 milhões (R$ 14,2 milhões) por 80% dos direitos econômicos do atleta. O time dos Estados Unidos informou que estava disposto a negociar, desde que a oferta chegasse a US$ 3 milhões (R$ 17 milhões), mas por 70% do passe. A partir de então, não houve mais retorno por parte dos paulistas.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O contrato de Atuesta com o Los Angeles FC termina em dezembro. Mesmo com a forte possibilidade de perder o jogador de graça, o clube não abre mão de um retorno financeiro para liberá-lo antes do prazo. Ao que tudo indica, a pedida do time afastou o Palmeiras das tratativas, mesmo que pessoas próximas a volante digam que ele vê no futebol brasileiro uma grande possibilidade de evoluir na carreira e fazer parte da seleção principal da Colômbia. Recentemente, se falou também que o Grêmio estaria de olho no jogador, que está com 23 anos. Porém, o provável anúncio de Thiago Santos o afastaria da briga.

Para mais notícias do Palmeiras, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.