Palmeiras e Abel Ferreira são multados pela Conmebol por jogo da Recopa

·1 minuto de leitura


Na noite da última segunda-feira (24), a Conmebol anunciou uma punição ao Palmeiras e ao técnico Abel Ferreira por uma infração no regulamento da entidade. A sanção é referente ao duelo entre Palmeiras e Defensa y Justicia-ARG, pelo jogo de volta da Recopa Sul-Americana desta temporada, disputado no Mané Garrincha, em Brasília.


>> Vai começar o Brasileirão 2021! Veja os palpites da redação do LANCE!
>> Confira a tabela da Libertadores e faça sua simulação

Tanto o treinador quanto o Verdão foram punidos por retardar o reinício da partida na segunda etapa, o que fere dois artigos do protocolo da competição. O atraso configura multa financeira e advertência ao treinador e à instituição responsáveis pela equipe.

A multa para o português é mais alta e tem o valor de U$ 50 mil (R$ 265 mil), enquanto a do Alviverde, em si, corresponde a U$ 20 mil (R$ 106 mil). Ambas as quantias serão retiradas dos direitos de televisão e patrocínio que a entidade paga aos clubes pela participação em suas competições.

Ainda há a possibilidade de requerimento de recurso por parte do Palmeiras contra a decisão da Conmebol em um prazo de até sete dias depois de informada a punição.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos