Palmeiras divulga vídeo para provar que Felipe Melo não provocou uruguaios

Jogador pode não ser mais aproveitado no clube paulista e como ainda não fez sete jogos no Brasileirão, poderia trocar de time

A confusão após a vitória do Palmeiras sobre o Peñarol no Uruguai da última quarta-feira (26), pela Libertadores, teve consequências para os dois times, e para mostrar que Felipe Melo não teve a intenção de provovar os uruguaios no fim do jogo e dar início ao tumulto, o Verdão divugou um vídeo em defesa do seu jogador.

No vídeo, o Palmeiras reuniu várias celebrações de Felipe Melo após gols ou vitórias da equipe, tanto na Libertadores, como no Campeonato Paulista, para provar o gesto de levantar os braços para o alto é costume do jogador - uma maneira pessoal de agradecer - e não algo que foi feito apenas para provocar os jogadores do Peñarol.

"Este vídeo mostra que o Felipe Melo costuma levantar os braços para agradecer ao final dos jogos e quando o time faz gol. Portanto, a tese de que o Felipe teria provocado os uruguaios não reflete a conduta do atleta", afirma o comunicado enviado pelo clube.