Palmeiras descarta 'loucuras' para contratar centroavante de peso antes do Mundial de Clubes

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Parceria entre Leila Pereira e Abel seguirá até 2024 (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O Palmeiras tem sofrido com os percalços encontrados no caminho pela contratação do centroavante de peso. Parte da torcida tem mostrado irritação nas redes sociais e há quem diga que o próprio técnico Abel Ferreira está insatisfeito com a indefinição. Mesmo assim, a diretoria garante que não vai mudar sua filosofia para reforçar o elenco antes do Mundial de Clubes.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Paulistão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Confira a pré-lista de inscritos do Palmeiras para o Mundial de Clubes

A última aventura do Verdão nesse sentido foi com o argentino Lucas Alario, que pertence ao Bayer Leverkusen. Até aqui, foi a tentativa mais próxima de o clube alcançar êxito nessa busca. No entanto, quando os negociadores palmeirenses cumpriram todas as demandas, os alemães acabaram dando para trás e desistiram das tratativas por não terem um jogador para reposição.

Quem esteve próximo das conversas garante que os esforços financeiros não foram poupados e que houve participação direta da presidente Leila Pereira para que tudo fosse concretizado nos últimos dias. Parte da torcida, no entanto, entende que não foi o que aconteceu e que o Palmeiras não tem conseguido sucesso justamente por não ter se esforçado financeiramente.

Se os esforços foram máximos ou mínimos, dificilmente alguém conseguirá julgar estando fora dessas conversas, mas, de fato, a ideia da diretoria é manter a filosofia que vem adotando nos reforços contratados recentemente, ou seja, que não tenham valor alto e que sejam jovens o suficiente para serem negociados futuramente. Alario, por sinal, saía um pouco desse perfil, por se tratar de um nome que se encaixaria perfeitamente nos desejos de Abel.

Esse desejo, aliás, não é de hoje, muito menos de ontem, mas já tem cerca de um ano. Depois da conquista da Copa do Brasil de 2020 (já em março de 2021), o treinador palmeirense fez os pedidos para reforçar o elenco para a temporada 2021. Entre as posições requisitadas estava a de centroavante, que até hoje não chegou. Deyverson, que voltou de empréstimo no meio do ano, foi a solução, que acabou sendo muito útil ao marcar o gol do título da Liberta.

Para 2022, Luiz Adriano foi informado que não faz parte dos planos da comissão técnica, Willian foi outro colocado na lista de negociáveis e foi para o Fluminense, abrindo pelo menos duas vagas na posição. Rafael Navarro chegou do Botafogo, Rony, improvisado nas funções, continua no elenco, mas aquele centroavante de peso segue sendo um "débito" da diretoria com o técnico.

Por fim, os dirigentes garantem que todos os outros pedidos do comandante português foram atendidos. As contratações de Marcelo Lomba, Eduard Atuesta, Rafael Navarro, Jailson e Murilo tiveram aval de Abel Ferreira. E o centroavante só virá com o OK do bicampeão da Libertadores, desde que ele também se encaixe naquilo que Leila e sua diretoria adotam como filosofia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos